Após xixi no quarto, peões são punidos com ‘perfume de esterco’ em A Fazenda 12 · .


Após Lidi Lisboa fazer xixi no quarto, os peões de A Fazenda 12 foram punidos com um “perfume de esterco” dentro da sede. Neste sábado (17), ao ingressarem no dormitório coletivo, os participantes reclamaram de um forte odor no ambiente, similar ao de fezes de vaca.

O momento incômodo surgiu após o fazendeiro Mariano notificar os colegas de confinamento sobre a nova punição causada por Luiza Ambiel, que comeu rapadura na área dos animais. Oficialmente, os participantes estão sem café até o próximo abastecimento.

Quando eles começaram a repercutir o caso, Lidi reclamou do cheiro e chamou os peões para conferirem a situação. “Vem ver se eu tô maluca!”, afirmou a protagonista de Jezabel (2019), e Jakelyne Oliveira questionou: “Peidaram lá dentro?”. “Meu Deus, sabe aquela fezes da vaca? Tá ali dentro”, destacou a atriz.

O fazendeiro estranhou o desabafo e junto com Jojo Todynho, Raissa Barbosa, Lipe Ribeiro e outros participantes, foi checar a informação. Ao entrar no quarto, o sertanejo logo desabafou: “Gente, tá podre aqui dentro!”. “Será que eles soltam cheiro …”, questionou MC Mirella quando a câmera do PlayPlus foi alterada.

Segundos depois, a transmissão voltou para o quarto e a Miss Brasil 2013 perguntou: “Será que alguém fez cocô?”. “Não tava esse cheiro até agora pouco”, reforçou o fazendeiro.

Confira o vídeo:


Saiba tudo que acontece em A Fazenda com o podcast O Brasil Tá Vendo

Ouça “#13 – Quem são os protagonistas de A Fazenda 12?” no Spreaker.

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.




Fonte: . / UOL