Pesquisa falsa que favorecia candidata de Penedo é colocada ilegalmente nas ruas

TSE não registrou nenhuma pesquisa eleitoral na cidade penedense

Na madrugada deste sábado, 14 de novembro, os moradores de Penedo se depararam mais uma vez com a velha e suja política. Um folheto se fazendo passar por jornal, inclusive com o mesmo nome do programa de rádio da Francês FM de Penedo, que recentemente foi alvo da justiça por exibir e é administrada pelo candidato a vice de , Carlos da Educação, foi jogado nas ruas de Penedo. Nele continha uma pesquisa eleitoral falsa onde apontava a candidata pelo Progressistas como líder nas pesquisas para a Prefeitura de Penedo.

Penedenses ficaram surpresos com a tamanha ousadia de tentarem ludibriar a população por uma resultado que não corresponde de forma alguma o que eles percebem nas ruas e também como a forma destrutiva em sujar a cidade com lixo eleitoral.

Uma simples consulta no site do TSE já constata que não há qualquer pesquisa de intenção de voto para a cidade de Penedo. Para quem não sabe, pesquisas eleitorais só são válidas quando se é registrada no Tribunal Superior Eleitoral.

INSTITUTO DE PESQUISA SE POSICIONOU

Através de nota, o IBRAPE, instituto de pesquisa alagoano, confirmou que se trata de uma pesquisa falsa:

 O Ibrape vai denunciar uma falsa pesquisa realizada e divulgada em nome do instituto sobre as eleições no município de Penedo, interior alagoano.

A falsa pesquisa foi divulgada nesta sexta-feira (13), no Jornal do Povo. No entanto, o Ibrape desconhece a autoria da pesquisa, vai denunciar e tomar as medidas judiciais necessárias.