Santos vence e segue na briga pela Libertadores; Coritiba está rebaixado para a Série B

O Santos contou com o retorno de Marinho inspirado, venceu o Coritiba por 2 a 0 na Vila Belmiro e selou o rebaixamento dos paranaenses para a segunda divisão. O atacante, que ainda não tinha entrado em campo depois da derrota na final da Libertadores para o Palmeiras, fez o primeiro gol da partida e assumiu a artilharia do Brasileirão ao lado de Claudinho, do RB Bragantino.

Com o resultado, o Peixe chegou aos 50 pontos e está em oitavo lugar, posição que pode dar vaga na segunda fase eliminatória da Libertadores. Já o Coxa se manteve na 19ª colocação, com 28 pontos, e não tem mais chances de sair do Z-4. Assim, a equipe paranaense se junta ao Botafogo como times já confirmados na Série B de 2021. 

Santos x Coritiba

Marinho fez o primeiro do Santos no jogo (Ivan Storti / Santos FC)

Início de muita pressão santista mas sem concluir as jogadas

A partida começou com o Santos se impondo mais e marcando a saída de bola do Coritiba desde o campo de ataque do Peixe. A posse ficou muito mais com os mandantes e as chances foram sendo criadas ao longo do primeiro tempo, entretanto as finalizações não saíram calibradas, sendo isoladas para a arquibancada ou com erros de cruzamentos na área.

A primeira chance real de gol do jogo foi aos 12 minutos com Luan Peres, que chegou de elemento surpresa no ataque e acertou belo chute de fora da área, obrigando o goleiro Arthur a se esticar para defender. O Coritiba respondeu com duas finalizações perigosas ao gol de João Paulo, uma defendida pelo arqueiro santista e outra que passou muito perto da trave.

Jogo pesado, mas não para o artilheiro da Baixada

O jogo seguiu a tônica, truncado no meio campo, com o Santos rodando muito a bola e buscando um espaço na defesa do Coxa. Os visitantes, que precisavam do resultado para seguir na luta contra o rebaixamento, subiram aos poucos as linhas e impediram que o Peixe chegasse perto da área de defesa.

Se no toque de bola lento não estava funcionando, Marinho fez bela tabelinha com Lucas Braga e saiu livre na cara do gol, dando um toque de cavadinha na saída do goleiro e inaugurando o placar na Vila. Foi o 17º gol do atacante na competição.

Apesar dos sustos no começo, a defesa do Santos pouco trabalhou no restante da primeira etapa e ficou mais responsável pela construção das jogadas.

Coritiba foi para cima, porém foi o Santos que ofereceu perigo

Com o resultado negativo, o Coxa mudou a postura no segundo tempo e passou a tentar incomodar mais o Santos pressionando a saída de bola dos zagueiros e tentando arrancar o empate no tudo ou nada, arriscando bastante de fora da área nos primeiros minutos e quase balançando a rede. Faltou sorte para que as finalizações dos visitantes fossem no gol com direito a bola no travessão e Ricardo Oliveira não alcançando uma bola rasteira na pequena área.

Com as linhas do Coritiba mais adiantadas, o Santos encontrou mais espaço e passou a finalizar mais também, forçando o goleiro Arthur a trabalhar muito para que o Peixe não ampliasse o placar e confirmasse o rebaixamento da equipe do Paraná.

O gol fatal e o rebaixamento do Coritiba

Apesar de todo o esforço de Arthur, após cruzamento do Santos na área, o goleiro perdeu a disputa pelo alto e a bola sobrou livre para Marcos Leonardo estufar as redes e sacramentar a queda do Coxa Branca para a Série B.

Na próxima rodada, o Santos recebe o Corinthians, na Vila Belmiro, às 19h da próxima quarta-feira. O clássico, que envolve dois rivais diretos na briga por vaga na Libertadores, deveria ter acontecido no dia 31 de janeiro, mas foi adiado por conta da final da Libertadores. Já o Coritiba enfrenta o Palmeiras, no Couto Pereira, no mesmo dia, em partida também atrasada.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 x 0 CORITIBA
Local:
Vila Belmiro
Data-Hora: 13/02/2021 – 19h00
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Público/renda: SEM PÚBLICO
Cartões amarelos: Guilherme Biro, Robson, Nathan Ribeiro e Hugo Moura (COR)
Cartões vermelhos:
Gols: (SAN) Marinho (37’/1ºT – 1 x 0) e Marcos Leonardo (38’/2ºT – 2 x 0)

SANTOS: João Paulo; Pará, Laércio (Ivonei, 46’/2ºT), Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison e Sandry (Vinícius Balieiro, 31’/2ºT); Soteldo, Lucas Braga (Jean Mota, 12’/2ºT) e Marinho (Ângelo, 46’/2ºT); Kaio Jorge (Marcos Leonardo, 31’/2ºT). Técnico: Cuca

CORITIBA: Arthur; Jonathan, Nathan Ribeiro, Nathan Silva e Guilherme Biro (Ângelo, 22’/ºT); Hugo Moura e Matheus Bueno (Nathan, 32’/2ºT); Sarrafiore (Robson, 00’/2ºT) e Luiz Henrique (Mattheus, 00’/2ºT); Neílton e Ricardo Oliveira (Brayan, 35’/2ºT). Técnico: Gustavo Morínigo.





Fonte: https://www.lance.com.br/