Abel emociona torcida do Palmeiras e turbina lema de Joelmir Beting: “Pode cornetá-lo como se fosse palmeirense”



Abel Ferreira não completou seis meses de Palmeiras, porém não é exagero algum indicar o português como um dos maiores treinadores da história secular do Verdão. Afinal, em plena pandemia de Covid e sem tempo para treinar, o comandante dirigiu o Alviverde rumo ao bicampeonato da Libertadores e o tetra da Copa do Brasil. Só que parece que não adianta uma derrota para a “turma do amendoim” entrar em cena. 




As perdas da Supercopa do Brasil (para o Flamengo) e a Recopa Sul-Americana (para o Defensa Y Justicia), ambas na decisão por pênaltis, fizeram com que parte da torcida do Palmeiras protestasse contra a diretoria, elenco e, acredite se quiser, o português também esteve na mira. Nos muros da Academia de Futebol, houve mensagens de “Acorda, Abel”, as quais incomodaram o treinador. 

Para completar, a estratégia de promover o time sub-20 mesclado com reservas no Paulistão não agradou nadinha os “corneteiros”, especialmente com o Verdão longe da zona de classificação para as quartas de final. Na última terça-feira (27), o Palmeiras deu um recado aos críticos ao enfiar 5 a 0 no Independiente Del Valle pela fase de grupos da Libertadores. 

A atuação de gala diante de um adversário que já eliminou o Grêmio no torneio fez Abel crescer diante dos microfones. Diante do início de temporada difícil, Abel decidiu inovar. “Vou inverter o lema. No ano passado, eu disse várias vezes que todos somos um. Nesse ano, vai ser contra tudo e contra todos. É o lema desse ano: ‘contra tudo e contra todos’. Vamos procurar fazer nosso trabalho contra tudo e contra todos”, declarou em entrevista coletiva pós-jogo, repetindo o mote para 2021.

Há pouco, na sua conta oficial do Instagram, Abel aumentou ainda mais sua identificação com o torcedor palestrino. Com imagem do grupo unido no gramado, o técnico postou a legenda do ex-jornalista Joelmir Beting que é tão conhecida de cada um dos mais de 18 milhões de alviverdes espalhados pelo mundo. 

O pai do também jornalista Mauro Beting, certa vez, disse: “Explicar a emoção de ser palmeirense, a um palmeirense, é totalmente desnecessário. E a quem não é palmeirense, é simplesmente impossível”. A frase virou um verdadeiro lema para todo torcedor do Verdão e agora já chegou ao conhecimento do português, se é que ele não sabia desse requisito. 

A homenagem de Abel a Joelmir fez o próprio Mauro Beting vir às redes sociais para reforçar que, mesmo discordando da opinião do português – quando diz que o Palmeiras “está contra tudo e contra todos” em alusão à imprensa esportiva -, não consegue fazer de um jeito que “eu não consigo falar mais nada’.

Na casa do Ferreira o espeto é do Palmeiras. Abel é mais palmeirense do que muito palmeirense que se diz mais palmeirense do que os outros. Para ele não precisaria explicar nada. É desnecessário. E para quem não é, pode cornetá-lo como se fosse palmeirense”, escreveu Mauro no seu Instagram.

  • Palmeiras
  • Abel Ferreira
  • Joelmir Beting
  • Mauro Beting

Fonte: Bola Vip