Após demitir Enderson Moreira, Fortaleza tem favorito para cargo e Felipe Alves pode virar “trunfo” da direção


A diretoria do Fortaleza já se movimenta nos bastidores para encontrar um novo técnico visando a sequência da temporada 2021. Após a demissão de Enderson Moreira, que não resistiu à eliminação nos pênaltis para o Bahia, na semifinal da Copa do Nordeste, o Leão do Pici mapeia o mercado e alguns nomes no radar.




De acordo com informação publicada pelo sites do jornal “O Povo” e o “Globoesporte.com” nesta segunda-feira (26), o Fortaleza sondou a situação de Fernando Diniz. Sem clube desde que deixou o São Paulo, no último mês de fevereiro, o treinador de 47 anos foi procurado pelos dirigentes nos últimos dias. O perfil se encaixa nas buscas da alta cúpula.

O Fortaleza deseja a contratação de um técnico que acumule experiência na Série A do Campeonato Brasileiro e tenha ainda um DNA ofensivo em seu estilo de jogo. Em seu último trabalho, Diniz somou 34 vitórias, 20 empates e 20 derrotas no São Paulo, entre setembro de 2019 e fevereiro de 2021. 

Foto: Marcello Zambrana/AGIF
Diniz: na mira do Leão do Pici (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

De acordo com o “O Povo”, um dos trunfos importantes para o Fortaleza fechar com o comandante pode ser Felipe Alves. O goleiro já trabalhou com Diniz em sete clubes ao longo da carreira. Apesar de o jovem treinador aparecer como favorito, a diretoria não tem pressa para tomar uma decisão. 

Nos últimos anos, Diniz trabalhou em grandes clubes da Série A. Além do São Paulo, ele passou por Fluminense e Athletico-PR. Antes, rodou por equipes menores do país, principalmente no interior de SP, se destacando pelo Audax, onde chegou até a final do Estadual, sendo derrotado pelo Santos. 

Fonte: Bola Vip