Arana abre o jogo sobre pedido de Hulk na partida contra o América: “estava se sentindo confiante”



Na última terça-feira (27), o Atlético venceu o América de Cali pela Libertadores e amenizou pressão vivida nos últimos dias. Com dois gols de Hulk, o Galo conseguiu sua primeira vitória na competição continental. O primeiro gol foi marcado de pênalti, o segundo, em uma jogada coletiva que o atacante concluiu para as redes.

https://www.youtube.com/watch?v=M_JbCIipx-g


Nesta quarta-feira (28), o elenco retomou os trabalhos, agora visando seu próximo compromisso diante da Tombense, no sábado, pelo Campeonato Mineiro. O lateral Guilherme Arana concedeu entrevista e falou sobre nuances do jogo contra o América-COL:

“Jogo complicado. Jogo de Libertadores a gente sabe que é mais pegada do que técnica. Sabemos que temos muito que evoluir, mas esse é o caminho, competir até o final. No fim (da partida) levamos um susto, sofremos um pouco, mas temos que levar isso como lição, saber sofrer. Libertadores é isso, vencer na vontade”, enfatizou Arana.

Arana é quem habitualmente cobra os pênaltis do Alvinegro, entretanto, o jogador revelou como foi o momento antes da cobrança da penalidade sofrida pelo próprio Hulk: “Quando ele (Hulk) sofreu o pênalti eu corri pra pegar a bola pra bater, mas ele conversou comigo, perguntou se ele poderia efetuar a cobrança e eu falei que sim. Ele estava se sentindo confiante. A gente se resolve ali entre a gente, sem nenhum tipo de problema, e o mais importante foi fazer o gol e nos dar a vitória”.

Para finalizar, Arana comentou sobre as críticas recentes que o técnico Cuca enfrentou com a oscilação do time: “Futebol precisa de tempo, mas aqui no Brasil as coisas não funcionam assim“.

Fonte: Bola Vip