Carille pega Fiel de surpresa e revela possibilidade de comandar rival: “Teve algumas coisas”; técnico fala de propostas


O Corinthians ainda deixa um grande ponto de interrogação na cabeça do torcedor, que vê o time comandado por Vagner Mancini entre altos e baixos. Com um bom início, o técnico emplacou uma sequência de vitórias, causou euforia em uma parcela da torcida e projetava uma temporada de busca por títulos – dentro das condições do clube.




No entanto, desde que o futebol paulista retornou após a paralisação devido a pandemia agravada, o Timão não é mais o mesmo. O rendimento tem sido muito abaixo, burocrático e com a permanência de Mancini tida como incerta. Apesar lidera seu grupo no Paulistão e se classificar na Copa do Brasil, o Alvinegro estreou na Sul-Americana com empate.

Foto: Daniel Augusto/Ag. Corinthians

Em contrapartida, venceu o Santos no último domingo por 2 a 0 e revigorou as esperanças da Fiel. E enquanto Mancini tenta recuperar sua “moral”, um técnico que marcou época em Itaquera não descarta a possibilidade de comandar um rival do Coringão, o próprio Santos. Atualmente no Al-ittihad, da Arábia Saudita, Fábio Carille respondeu se aceitaria vir para o Peixe.

“Me imagino (treinando o Santos). Só falo da possibilidade grande de ficar aqui porque as sondagens reais foram do mundo árabe. Teve algumas coisas do Brasil alguns meses atrás, meu contrato estava em vigência com o clube e preferimos não dar continuidade para essas conversas. Penso em voltar ao Brasil, mas não existe nada real”, disse em entrevista à Bandsports.



“Eu analiso que há ótimos profissionais no Brasil e fora. A questão do elenco favorece muito. Isso veio muito depois do que aconteceu com o Jorge Jesus, que é um excelente técnico. Pegou um timaço. (…). O que os dirigentes e o torcedor tem que entender é que um bom trabalho precisa de um bom elenco também”, concluiu.

  • Corinthians
  • Santos
  • Fabio Carille

Fonte: Bola Vip