“Contra o PSG tudo pode acontecer”; Guardiola mantém pés no chão após vitória do City na Champions


O Manchester City saiu na frente do Paris Saint-Germain na briga por uma vaga na grande final da Liga dos Campeões da temporada de 2020/2021. Em jogo disputado na França,  o brasileiro Marquinhos abriu o placar para os donos da casa, mas na segunda etapa, De Bruyne e Mahrez viraram para os comandados de Guardiola.

O treinador elogiou sua equipe após a partida, mas descartou que o City já esteja classificado, lembrando do jogo de volta a ser disputado na semana que vem. “De maneira geral, estou satisfeito. Mas foi só metade do caminho. Ainda temos mais 90 minutos e, contra o PSG, tudo pode acontecer“, disse.

Guardiola explicou como agiu para anular a dupla de ataque do PSG, que pouco fez na partida. Precisávamos travar o jogo e reduzir o ritmo, porque se você faz um jogo aberto contra Mbappé e Neymar, eles te matam. Vimos contra o Bayern, são 10 mil vezes melhores que nós com o campo aberto. Tínhamos de jogar assim”.

Alex Grimm/Getty Images
Alex Grimm/Getty Images

“Para muitos dos nossos jogadores, é a primeira vez numa semifinal (de Champions). Às vezes, você precisa de tempo para ficar mais relaxado, ser você mesmo. É normal a atuação no primeiro tempo, são 180 minutos (nos jogos de ida e volta). A gente mudou um pouco a forma de pressionar e foi mais agressivo”, explicou o espanhol sobre a postura diferente na segunda etapa.

Na outra semifinal, Real Madrid e Chelsea empataram por 1 a 1 na primeira partida, na Espanha. Na semana que vem, acontece o jogo decisivo em Stamford Bridge, na Inglaterra

Fonte: Bola Vip