Fórmula 1: Comissão da FIA aprova novo formato de grid de largada com corridas mais curtas



Foi aprovada com unanimidade pela Comissão da FIA um plano que muda o formato do grid de largada em três etapas na Fórmula 1, ainda em 2021. Quem dá a notícia é a coluna Pole Position, de Julianne Cerasoli.

Será realizada uma corrida mais curta no sábado, no mesmo horário da classificação, que servirá para a formação do grid, com duas etapas europeias e uma que acontecerá fora da Europa.




Inicialmente, uma das provas poderia ser o Grande Prêmio de São Paulo, junto com o Grande Prêmio da Grã-Bretanha, em Silverstone, e o da Itália, em Monza, porém existe a possibilidade que a etapa brasileira seja trocada por outra, por conta da situação atual da pandemia no país.

Jean Todt, presidente da FIA, disse: “Estou feliz em ver que a Fórmula 1 está procurando novas maneiras de engajar os fãs e aumentar o espetáculo no final de semana de corrida através desse conceito de classificação por sprint. Isso só foi possível graças à contínua colaboração entre FIA, Fórmula 1 e todas as equipes”.

Stefano Domenicali, presidente da F1, completou: “Ver os pilotos batalhando por três dias vai ser uma experiência incrível e eu tenho certeza que os torcedores vão aproveitar”.

Julianne Cerasoli explica como irá funcionar: “Na sexta-feira, haverá uma sessão de classificação após o primeiro treino livre, determinando o grid para a classificação sprint, no sábado. Os resultados desta corrida rápida vão, por fim, determinar o grid de largada da corrida no domingo. Os três primeiros do grid vão receber pontos (três para o vencedor, dois para o segundo colocado, e um para o terceiro).

Entenda a programação do final de semana para três etapas em 2021

Sexta-feira: O primeiro treino livre, de 60 minutos, é feito normalmente, com cada piloto tendo direito a escolher dois jogos de pneus. Na classificação, à tarde, cada piloto só terá à disposição cinco jogos de pneus macios (ou seja, não é possível, como é normalmente, escolher compostos diferentes).

Sábado: O segundo treino livre, de 60 minutos, é disputado normalmente, com um jogo de pneus para cada piloto. No horário que seria da classificação, será feita uma corrida de 100 km (um terço de uma prova normal), com dois jogos de pneus para cada piloto. Os compostos podem ser escolhidos livremente. O resultado desta corrida define o grid de largada do domingo.

Domingo: Com mais dois jogos de pneus de escolha livre, será disputado o GP normalmente, com 300 km.”

Fonte: Bola Vip