Fred vibra com Flu de Guerreiros de volta e ironiza: “Ninguém se incomoda que não acreditam na gente”



Nesta quarta-feira (28), o Fluminense viveu uma noite histórica na vitória sobre o Santa Fe, pela segunda rodada da Libertadores. O placar de 2 a 1 sobre o time colombiano foi garantido por Fred, que com os dois gols marcados, se tornou o segundo maior artilheiro da história do Tricolor das Laranjeiras com 185 gols. O camisa 9 comentou sobre o feito realizado: “Antes do jogo eu não coloco isso como meta, como objetivo. Mas logo após o jogo o nosso assessor me lembrou disso. E quando eu fui fazer o agradecimento para a nossa torcida eu acabei me emocionando. É algo grandioso na vida de qualquer atleta, em uma camisa tão pesada quanto a do Fluminense”.




“E eu não canso de agradecer a nossa torcida, a nossa diretoria e os jogadores que me ajudam muito e me fazem sentir mais jovem a cada dia. E principalmente a Deus, a minha família. Estou muito feliz com isto. Espero continuar fazendo gols sem este objetivo de marcas pessoais, mas para irmos em busca de vitórias e títulos com a camisa do Fluminense”, concluiu Don Frédon.

Na sequência, o segundo maior goleador com a camisa verde, branco e grená comentou sobre a jornada do Nense para a partida contra o Santa Fe e sobre como o Flu tem evoluído:  “Esse é o nosso time. A gente resgatou esse espírito desde o ano passado. Hoje, mais uma vez, comemoramos com a música “Time de Guerreiros”. Foi uma viagem dura. Precisava de todo mundo bem fisicamente, com fôlego e com força. Nosso time está encorpando.”

O Time de Guerreiros de fato vem em uma escalada de superação. Com um ambiente notavelmente harmônico, o Tricolor vai pegando força. Fred aponta o trabalho que cala os críticos: “Quando a gente foi jogar o Brasileiro, ninguém acreditava. Na Libertadores, ninguém acreditava. Ninguém se incomoda com isso. O que eu peço é para os jogadores colocarem em campo a alma e o espírito. Quando fazemos isso, estamos prontos”.



Agora o Fluminense é o líder do Grupo D da Libertadores, somando quatro pontos. O Tricolor divide a liderança com o River Plate, que venceu o Junior Barranquilla por 2 a 1 em Buenos Aires. A delegação do Time de Guerreiros permanece na Colômbia para o próximo compromisso na competição continental, que acontece no dia 6 de maio, contra o Junior Barranquilla.  

Fonte: Bola Vip