Grêmio é “categórico” e responde chance de incluir Pedro Lucas em negócio por Douglas Costa; limitação em valor preocupa


O Grêmio aguarda a definição de seu futuro na Copa Libertadores da América para voltar a investir no mercado da bola. Em meio a disputa com o Independiente del Valle, o Tricolor Gaúcho opta por não tratar publicamente de assuntos sobre negociações, mas segue envolvido em uma série de especulações nos bastidores.




Um dos grandes desejos da diretoria gremista é acertar o retorno de Douglas Costa. Revelado no clube, o atacante, de 30 anos, não esconde a vontade de voltar a Porto Alegre, mas o contrato ativo com a Juventus, da Itália, até a metade de 2022, além de questões financeiras, complicam os planos. 

Na última sexta-feira (9), o jornal italiano TuttoSport surpreendeu e revelou detalhes das tratativas. A Juventus estaria disposta a repetir o modelo de negócio que levou Carlos Tévez de volta ao Boca Juniors (ARG), quando liberou o atacante e ficou com a prioridade de compra dos direitos econômicos de jovens promessas

No Gauchão: Pedro Lucas marcou contra o São José (Foto: Fernando Alves/AGIF)
No Gauchão: Pedro Lucas marcou contra o São José (Foto: Fernando Alves/AGIF)

Entre os nomes apontados, o que mais interessa aos italiano é o do meio-campista Pedro Lucas. Diante das especulações, o jornalista João Batista Filho revelou contato com um dirigente do Grêmio, que garantiu não existir a menor possibilidade de o negócio citado se tornar realidade. O Tricolor confirma contatos com Douglas Costa, mas nas nega que esteja conversando com a Juventus no momento. 

A alta cúpula do Grêmio afirmou categoricamente que não irá ceder nenhuma preferência de compra de suas joias da base. O fato pode dificultar uma tratativa futura e até mesmo limitar o valor da negociação. Ganhando espaço entre os profissionais em 2021, Pedro Lucas tem multa rescisória estabelecida em quase R$ 400 milhões e contrato até 2024

Fonte: Bola Vip