Lásaro Cândido, ex-vice do Galo, responsabiliza Caetano por “rusga” entre Hulk e Cuca; VP silencia sobre caso


O Atlético bateu o Athletic pelo placar de 1×0, na noite do último sábado (24), e se classificou na primeira colocação do Campeonato Mineiro rumo à semifinal. No entanto, o duelo com a equipe São João del Rei ficou em segundo plano em meio à uma polêmica que se instaurou nos bastidores envolvendo o atacante Hulk e o técnico Cuca.




Logo na saída do gramado, o camisa 7 reclamou publicamente de estar sendo pouco utilizado. “Queria estar no meu melhor nível. Não é só fisicamente, precisa de confiança, minutos jogados e não estou tento isso. Preciso de jogos, ritmo e confiança para apresentar meu melhor futebol. Desde que o professor Cuca chegou não tive uma sequência de três ou quatro jogos seguidos“, afirmou Hulk.

Pouco tempo depois, o treinador se manifestou em coletiva e rebateu a declaração. “Você dá essa sequência de minutos quando o jogador te dá todo o respaldo. Não que ele não esteja dando respaldo, mas junto dele eu tenho Savarino que joga por ali, Savinho, Sasha, Vargas. São disputas que ocorrem. Eu tento ser o mais correto possível com todos. Ele (Hulk) jogou praticamente todas as partidas comigo, de titular ou entrando durante elas. Eu tento cuidar de todos homogeneamente” explicou Cuca. 

Hulk: quer mais chances no Galo (Fotos: Pedro Souza / Agência Galo / Flickr do Atlético / Divulgação)
Hulk: quer mais chances no Galo (Foto: Pedro Souza / Agência Galo / Flickr do Atlético / Divulgação)

A polêmica rendeu entre os torcedores na web e chegou até Lásaro Cândido. O ex-vice-presidente atleticano, em publicação no Twitter, apontou o atual VP de futebol, Rodrigo Caetano, como um dos resposáveis pelo problema ter sido externado publicamente. Preocupado com o clube, ele entende que a questão já poderia ter sido resolvida nos bastidores.



Essa ‘crise’ entre Hulk e Cuca teria que ser previamente identificada (os sinais já eram muito claros); devia ter sido corrigida antecipadamente pelo diretor de futebol ou por alguém responsável. Essa ‘crise’ dá sinais importantes a reflexões! Muito preocupado com nosso futebol!“, declarou. Em contato com a reportagem do site “Esporte News Mundo“, Caetano ‘silenciou’ e optou por não se manifestar sobre o caso. 

Fonte: Bola Vip