NFT: meme da garota com casa em chamas é vendido por US$ 480 mil


Mais um meme foi vendido por um valor milionário graças a tendência dos NFTs, os tokens não fungíveis. Recentemente, a icônica imagem de uma garotinha em frente a uma casa em chamas foi vendida por aproximadamente US$ 480 mil em criptomoedas.

Chamado lá fora de “Disaster Girl”, o meme foi comercializado por Zoe Roth, a garota que aparece na foto, que está com 21 anos atualmente. A imagem foi listada como token não fungível em 16 de abril e foi leiloada até ser vendida por 180 Ether, aproximadamente R$ 2,6 milhões em conversão direta para a nossa moeda.

Fonte:  Foundation 

A decisão de vender o ativo veio após Roth e sua família seguirem os conselhos de outras celebridades da internet que também venderam NFTs de seus memes. O procedimento foi realizado com a ajuda de uma equipe jurídica, que auxiliou na escolha de uma plataforma para o leilão virtual da imagem.

Quem comprou o meme?

O NFT do meme foi comprado por um usuário identificado como “3FMusic”. A aquisição milionária, no entanto, não retira os direitos da obra de Zoe Roth e sua família.

Além de os direitos da imagem ainda serem de Roth e sua família, os donos do NFT também não podem limitar a reprodução do meme. Ou seja, mesmo após a venda, a imagem pode ser utilizada na internet sem restrições.

Com a aquisição, o “3FMusic” se torna o dono de uma chave única que está vinculada ao meme. Caso o NFT seja revendido, Zoe Roth também possui direito de receber 10% do valor da negociação.

A tecnologia de NFT usa o blockchain para criar códigos que permitem o comércio de itens digitais. Além de outros memes já terem sido comprados por valores milionários, como o vídeo da “namorada ciumenta”, a tecnologia foi utilizada para vender a primeira postagem do Twitter.


Fonte: Tecmundo