UFC: Chris Weidman agradece apoio de Anderson Silva e diz quando retornará aos treinamentos



Depois de sofrer uma contusão grave, ao quebrar a perna depois de um chute em luta contra o jamaicano Uriah Hall, pelo UFC 261, Chris Weidman passou por cirurgia neste domingo (25) e se manifestou pela primeira vez na manhã de hoje, em sua conta no Instagram. Ele agradeceu o apoio de Anderson Silva e disse quando é a previsão de retorno.




Além de citar o ‘Spider’, Weidman também falou de Hall: “Tenho visto muito amor e apoio. Não tenho conseguido ficar muito com meu celular. A dor é muito grande. Sei que Uriah Hall foi superelegante, triste pelo que aconteceu. Fico muito agradecido. Fiquei sabendo que Anderson Silva também disse coisas positivas. É muito brutal, mas vou passar por isso”.

O norte-americano também falou sobre os próximos passos de sua recuperação: “Acho que vai demorar oito semanas até que eu consiga andar sem muletas, dirigir e tudo mais. E então, no que diz respeito ao treinamento, eu não sei. Disseram que entre seis e doze meses estarei pronto para seguir”.

Ele também forneceu aos fãs de MMA detalhes de como foi feita a operação: “A cirurgia foi um sucesso. Colocaram uma haste de titânio na minha tíbia, que vai até o joelho, para deixar endireitado e firme. Minha fíbula também foi quebrada”, disse Weidman, seguido de um vídeo em seu Instagram.

Campeão da categoria Peso-Médio do UFC entre 2013 e 2015, o norte-americano ficou conhecido como aquele que derrotou Anderson Silva, em julho de 2013. Aproximadamente seis meses depois, na revanche, o brasileiro sofreu uma lesão parecida a que Weidman sofreu no sábado.

Fonte: Bola Vip