​Análise da Ponte Preta com Carlos Corsato – ‘’Digam ao povo que fico”


Paulista

​Análise da Ponte Preta com Carlos Corsato – ‘’Digam ao povo que fico”

Aqui vai uma pergunta a D. Pedro/Fabio Moreno. Baseado em que vossa senhoria vai ficar ?

Publicado em 21/05/2021
por CARLOS CORSATO

Em 9 de janeiro de 1822, D. Pedro I recebeu uma carta da corte de Lisboa, exigindo seu retorno para Portugal. Há tempos os portugueses insistiam nesta ideia, pois pretendiam recolonizar o Brasil e a presença de D. Pedro impedia este ideal.

Porém, D. Pedro respondeu negativamente aos chamados de Portugal e proclamou:

“Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico”.

Na entrevista coletiva do técnico Fábio Moreno, após a derrota da Ponte Preta por 2 x 0 para o Novorizontino na final do Troféu do Interior, remete a essa frase histórica.

Fábio Moreno: números baixos

Fábio Moreno: números baixos

Vamos avaliar os números.

Foram 45 pontos disputados no Paulistão em 15 jogos, com 4 vitórias, 3 empates e 8 derrotas, aproveitamento de 33,3%.

O ataque marcou 14 gols, contra 18 gols sofridos, e um saldo negativo de 4.

O esquema tático não funcionou, e as alterações com os jogos em andamento na maioria das vezes discutíveis antes e após as partidas.

Aqui vai uma pergunta a D. Pedro/Fábio Moreno. Baseado em que vossa senhoria vai ficar ?

Um abraço do tamanho do MAJESTOSO.


Fonte: Futebol Interior