​Novorizontino deve fazer parceria com time da Segundona


Paulista

Após bom Paulistão, ​Novorizontino deve fazer parceria com time da Segundona

As negociações estão sendo feitas diretamente entre o presidente Genilson da Rocha Santos e o Padre Osvaldo, mandatário do Catanduva FC

Publicado em 19/05/2021
por Agência Futebol Interior

Novo Horizonte, SP, 19 (AFI) – Conforme informações dadas pelo próprio presidente do Grêmio Novorizontino, Genilson da Rocha Santos, o clube de Novo Horizonte deverá fazer parceria com o Catanduva Futebol Clube, agremiação que pretende disputar a próxima edição do Campeonato Paulista de Segunda Divisão, a conhecida “Bezinha”.

Genilson participou do Resenha Esporte Clube, programa semanal esportivo da Rádio FM Esperança local, com áudios gravados, num dos quais comentou sobre a referida parceria.

“Na verdade, são projetos que antes de uma situação de pandemia, o Novorizontino busca opções para estar colocando seus atletas em competições e fazendo com que eles tenham visibilidade no mercado. E, como, dentro de uma idéia, pode ser que o Novorizontino não venha a disputar uma competição Sub-20 este ano e também a Copa Paulista, seria viável sim estar disputando esse campeonato que é Sub-23 com a equipe do Catanduva”, explicou o presidente do Tigre, acrescentando ainda como a parceira se daria.

Padre Osvaldo, presidente do Catanduva FC; Genilson da Rocha Santos, presidente do Grêmio Novorizontino; e dr. Emerson Correia Pontes, diretor jurídico do Novorizontino

Padre Osvaldo, presidente do Catanduva FC; Genilson da Rocha Santos, presidente do Grêmio Novorizontino; e dr. Emerson Correia Pontes, diretor jurídico do Novorizontino

“Para isso, seriam emprestados, do Novorizontino, os atletas dentro da idade, para que pudessem estar jogando uma competição, sendo colocados para serem vistos no mercado. Mas, tudo dentro de uma organização, tudo dentro de princípios que venham também atender não só o Novorizontino, como também o Catanduva Futebol Clube, uma equipe que já se mostrou organizada e que cumpre com aquilo que é proposto e com as suas obrigações. Por isso que o Novorizontino vem conversando e amadurecendo essa possibilidade”, concluiu Genilson.

CONVERSAS ENCAMINHADAS
Há também informações de que o presidente do Grêmio Novorizontino, acompanhado pelo dr. Emerson Leandro Correia Pontes, que é do setor jurídico do clube de Novo Horizonte, estiveram durante esta semana com o Padre Osvaldo, prefeito de Catanduva e presidente do Catanduva FC, visitando e avaliando as condições do imóvel que será utilizado para alojamento dos atletas.

Fundado em 2018, pelo próprio Pe. Osvaldo, o Catanduva FC disputou a “Bezinha” daquele ano e também a edição de 2019, mas, por conta da pandemia, não esteve presente na do ano passado.

De acordo com o editor da coluna “Peneira Fina”, do jornal O Regional, esse projeto de parceria, foi classificado no texto de apresentação como “arrojado” e que a idéia do Pe. Osvaldo “de juntar forças, é antiga, já que tentou fazer isso com o Grêmio Catanduvense, mas a proposta não foi aceita pela diretoria do Bruxo”.

O Grêmio Catanduvense é o clube mais antigo da vizinha cidade de Catanduva e, na edição da “Bezinha” de 2019, esteve no mesmo grupo do Catanduva FC. Este, terminou a fase inicial como 2º colocado e o primeiro na 5ª colocação. Ambos chegaram até a segunda fase, mas foram eliminados na terceira.


Fonte: Futebol Interior