2ª parcela liberada para novo grupo de trabalhadores


Nesta terça-feira (24) a Caixa Econômica Federal (CEF) faz o pagamento da segunda parcela do Auxílio Emergencial. Os grupos de trabalhadores que recebem o auxílio dessa vez são os beneficiários que fazem parte do Bolsa Família e que possuem o número NIS terminado em 6 e demais trabalhadores com mês de nascimento em agosto.

Deste modo, para o primeiro grupo, os pagamentos do Auxílio Emergencial serão feitos da mesma forma que o Bolsa Família. Já para o segundo grupo, que são inscritos via app e site e público do Cadastro Único, o auxílio pago nesta terça será creditado em conta poupança social digital da Caixa.

A conta poupança social digital da Caixa pode ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Ademais, para quem recebe o Auxílio Emergencial nesta terça-feira, os saques e transferências para outras contas serão liberados no dia 11 de junho, seguindo também o calendário.

Os pagamentos estão seguindo o calendário divulgado pelo Ministério da Cidadania. Logo, a previsão de término dos depósitos está programada para 30 de maio para trabalhadores que não recebem o Bolsa Família e 31 de maio para os beneficiários do programa social.

Veja abaixo o calendário de pagamentos da segunda parcela do Auxílio Emergencial

2ª parcela do Auxílio Emergencial para trabalhadores inscritos via app e site, e aqueles que fazem parte do Cadastro Único:

Nascidos em:

Depósito em conta

Saque e transferências

Janeiro

16 de maio

31 de maio

Fevereiro

18 de maio

1º de junho

Março

19 de maio

2 de junho

Abril

20 de maio

4 de junho

Maio

21 de maio

8 de junho

Junho

22 de maio

9 de junho

Julho

23 de maio

10 de junho

Agosto

25 de maio

11 de junho

Setembro

26 de maio

14 de junho

Outubro

27 de maio

15 de junho

Novembro

28 de maio

16 de junho

Dezembro

30 de maio

17 de junho

2ª parcela do Auxílio Emergencial para beneficiários do Bolsa Família:

Número do NIS terminado em:

Data da segunda parcela

1

18 de maio

2

19 de maio

3

20 de maio

4

21 de maio

5

24 de maio

6

25 de maio

7

26 de maio

8

27 de maio

9

28 de maio

0

31 de maio

Lembrando que para os beneficiários do Bolsa Família, além do aplicativo Caixa Tem, também é possível realizar os saques e transferências do Auxílio Emergencial pelos canais físicos (agências e lotéricas), através da utilização do Cartão Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.

Mais informações sobre a rodada 2021 do Auxílio Emergencial

De acordo com as regras estabelecidas, o Auxílio Emergencial é oferecido às famílias que possuem renda mensal igual ou inferior a até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja interior a meio salário mínimo. Além disso, o beneficiário precisa estar com o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) em dia para ter direito a nova rodada do benefício.

Os trabalhadores informais e inscritos no CadÚnico que não receberam o Auxílio Emergencial em 2020 não estão elegíveis para receber o benefício em 2021, pois não houve nova fase de inscrições.

Por fim, é importante lembrar que na rodada deste ano estão sendo oferecidas quatro parcelas mensais de abril a julho, de R$150 a R$375, dependendo do perfil dos beneficiados:

Caso surjam dúvidas em relação ao direito de receber o Auxílio Emergencial, ou em relação aos valores estabelecidos, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal ou do Ministério da Cidadania, para mais informações.

Fonte: Notícias Concursos