Altos vence Flu-PI mais uma vez e fatura 3º título em cinco anos


Piauiense

PIAUIENSE: Altos vence Flu-PI mais uma vez e fatura 3º título em cinco anos

O Portal FUTEBOL INTERIOR acompanha todos os Campeonatos Estaduais do Brasil online pelo PLACAR AO VIVO

Publicado em 22/05/2021
por Agência Futebol Interior

Teresina, PI, 22 (AFI) – É campeão. Depois de vencer o jogo de ida da decisão, pelo placar de 2 a 1 na última quarta-feira (19), o Altos-PI voltou a bater o Fluminense-PI, dessa vez por 3 a 0 no duelo de volta da grande final e é campeão do Campeonato Piauiense de 2021. Na tarde deste sábado (22), Alviverde marcou com Manoel (2x) e Betinho, para levantar o terceiro título estadual em cinco anos.


COBERTURA COMPLETA
O Portal FUTEBOL INTERIOR acompanha todos os Campeonatos Estaduais do Brasil online pelo PLACAR AO VIVO e também depois com comentários e destaques da rodada. Baixe também o Aplicativo – App Placar FI – tanto pelo Google Play como APP Store.

VEJA TODOS OS DETALHES DOS ESTADUAIS


Fundado em 2013, o Altos disputou a decisão do estadual pela quinta vez e ficou com o terceiro titulo. Levou a melhor em 2017, 2018 e agora em 2021, mas foi superado em 2016 e 2019. Fundado em 1938, o Fluminense disputou a primeira decisão de sua história, mas não conseguiu chegar ao título inédito.

Altos vence Flu-PI mais uma vez e fatura 3º título em cinco anos

Altos vence Flu-PI mais uma vez e fatura 3º título em cinco anos

Na primeira fase, o Altos terminou na liderança com 26 pontos – foram sete vitórias, cinco empates e duas derrotas. O Fluminense chegou a decisão com 24 pontos com sete vitórias, três empates e quatro derrotas. Nos dois encontros entres os clubes na fase de grupos, o Altos venceu por 2 a 0.

DETALHES DO DUELO
Apesar de ter entrado em campo com uma boa vantagem, o Altos começou a partida de forma avassaladora e logo aos quatro minutos, abriu o placar. Gean fez boa jogada pela direita e tocou para Klenisson, que invadiu a área e apenas rolou para Betinho, que chegou chutando e ainda contou com uma falha do goleiro adversário para ver a bola morrendo no fundo das redes.

A partir daí, o ritmo da partida caiu um pouco e os outros gols da decisão só foram sair no segundo tempo. Aos 33, Juninho Arcanjo fez um lançamento longo e encontrou Manoel, livre, que invadiu a área e bateu na saída do goleiro. O próprio camisa 9 marcou mais um aos 35. Depois de um cruzamento na área, ele subiu mais alto e mandou a bola para o fundo das redes. Por isso, a partida terminou em 3 a 0.


Fonte: Futebol Interior