Antonia Fontenelle é proibida de falar em Luciana Gimenez e reclama: ‘absurdo’



A youtuber Antonia Fontenelle, dona do canal “Na Lata”, está proibida de falar sobre a apresentadora Luciana Gimenez. 

Gimenez entrou com uma ação contra Fontenelle após ser chamada de “mulher de programa” pelo político Jorge Kajuru no programa da loira no YouTube.

Segundo o ., a Justiça de São Paulo concedeu, nesta quarta-feira (12), uma liminar com “tutela provisória de urgência” que proíbe a entrevistadora de citar Luciana Gimenez em seu canal no YouTube ou em qualquer outro meio de comunicação.

Conhecida pelo temperamento forte, Antonia terá de pagar uma multa de R$ 20 mil por cada citação caso descumpra a ordem. Em entrevista para Léo Dias, a youtuber se mostrou irritada com decisão. “Um absurdo uma comunicadora silenciar a outra”, disse. Pelos Stories do Instagram, a loira ironizou a notícia.

A apresentadora da RedeTV conseguiu liminar parecida contra Jorge Kajuru em abril. O senador está  proibido de “manifestar, comentar ou divulgar” ataques à Luciana.

Em entrevista ao “Na Lata”, de Antônia, Kajuru afirmou que Luciana é “desqualificada”. “É uma mulher desqualificada, tanto que virou o que virou por 30 segundos com o Mick Jagger. Ou você acha que foi por amor?”, disse o político.

No fim da década de 1990, a apresentadora viveu um affair com Mick Jagger, com quem teve um filho, Lucas, que hoje tem 21 anos.

Veja um dos vídeos:





Fonte: iBahia