Após estreia com derrota, técnico do Figueirense ‘faz contas’ por vaga


Brasileiro

Série C: Após estreia com derrota, técnico do Figueirense ‘faz contas’ por classificação

Na visão de Jorginho, para uma equipe avançar na primeira fase, precisa somar no minímo 30 pontos

Publicado em 31/05/2021
por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 31 (AFI) – Fora de casa, o Figueirense não começou bem a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro, afinal estreou com uma derrota para o Novorizontino, pelo placar de 1 a 0, no Estádio Jorge Ismael de Biasi, no interior de São Paulo. Apesar do resultado negativo, o técnico Jorginho já deixou o duelo para trás e começou a fazer as contas pela classificação para a segunda fase.

Na matemática do comandante alvinegro, o Figueirense tem que chegar aos 30 pontos para não depender de ninguém para avançar e na visão dele, a reabilitação já tem que acontecer na segunda rodada. Para Jorginho, a equipe precisa ser mais agressiva nos próximos jogos, em comparação do que foi apresentado contra o Novorizontino, para conseguir chegar ao seu objetivo.

Após estreia com derrota, técnico do Figueirense 'faz contas' por classificação

Após estreia com derrota, técnico do Figueirense ‘faz contas’ por classificação

“Nós temos que fazer, no mínimo, 30. São 10 vitórias em 18 jogos. É muita vitória para pouco jogo. Tem que ser mais agressivo e não pode deixar o time adversário te agredir. É isso que nós erramos. Eu não posso dizer se esse time tem capacidade de acesso, pois mais jogadores vão chegar. Isso é fato. Vamos fazer de tudo para conseguir”, afirmou o comandante.

Focado na reabilitação, o Figueirense terá mais uma difícil missão pela frente. Na faz primeira apresentação em casa, que acontece no próximo sábado (05), o time catarinense recebe o Oeste, no Estádio Orlando Scarpelli, às 16h. O rival ainda não entrou em campo pela Série C já que ainda está disputando o título do Paulista A2 contra o São Bernardo FC, após conseguir o acesso para elite estadual.


Fonte: Futebol Interior