Arana critica arbitragem em empate do Atlético na final contra América


Mineiro

Mineiro: Arana critica arbitragem em empate do Atlético na final contra América

O Galo jogou alguns minutos do segundo tempo com um atleta a menos, mas segurou a igualdade

Publicado em 16/05/2021
por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 16 (AFI) – O Atlético criticou muito a arbitragem de Wanderson Alves de Souza no empate sem gols diante do América neste domingo, na Arena Independência, pela partida de ida do Campeonato Mineiro.

O time alvinegro não gostou da falta de critérios na distribuição de cartões. Foram quatro amarelos para os visitantes, além do vermelho para Allan, que, como último homem, matou um contra-ataque do rival ao fazer falta em Ademir.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS DO CLÁSSICO

Um dos líderes da equipe e recém convocado para a seleção olímpica pelo técnico Jardine, Guilherme Arana, criticou a postura do árbitro, mas destacou a vontade de ambas as equipes que seguem brigando pelo título estadual.

“(O critério) não foi coerente para ambas as equipes. Numa final tem que se preparar mais. No primeiro tempo, ele parou bastante. No segundo, ele queria jogo. Sem critério. Temos que valorizar o empate, porque estávamos com um a menos. Final é assim, os dois times querendo ganhar”, falou o lateral, que, neste domingo, acabou jogando no setor de meio de campo.

Atlético fica no empate com o América

Atlético fica no empate com o América

O técnico Cuca apostou em uma equipe diferente e reforçou o lado esquerdo, colocando Dodô mais atrás e avançando Guilherme Arana, que pôde atuar também como um ponta.

No segundo tempo, porém, o treinador voltou para o esquema tradicional ao sacar o ex-atleta de Santos e Cruzeiro e colocando o Atlético para o ataque.

COMPROMISSOS/
Com o empate por 0 a 0, o Atlético vai para o jogo de volta no próximo sábado, às 16h30, precisando apenas de um empate para levantar o seu 46º título estadual, o segundo seguido. Mas, antes, a equipe seguirá buscando a melhor campanha na Libertadores. Na quarta-feira, às 21h, no Paraguai, o time de Cuca, já classificado às oitavas de final, enfrenta o Cerro Porteño.


Fonte: Futebol Interior