Atlético-MG usa força máxima e fica na liderança geral da Libertadores


Libertadores

Atlético-MG 4 x 0 La Guaira-VEN – Força máxima e liderança geral da Libertadores

São cinco vitórias e um empate do Galo que mostrou um bom futebol na goleada em cima do La Guaira, da Venezuela

Publicado em 25/05/2021
por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 26 (AFI) – Campeão mineiro em cima do América, o Atlético-MG confirmou a melhor campanha na fase de grupos da Copa Libertadores, nesta terça-feira à noite, ao vencer o La Guaria-VEN, por 4 a 0, no Mineirão, pela sexta rodada. Líder do Grupo H com 16 pontos, deixando para trás seus concorrentes. São cinco vitórias e um empate, justamente, contra o time venezuelano.

Agora vai aguardar o sorteio dos dois potes. O Galo vai ficar no Pote 1 e vai enfrentar algum time do Pote 2, formado por clubes que terminaram a fase em segundo lugar. A próxima fase será a oitava de final. Mas, como melhor, vai decidir nas outras fases sempre em casa, no jogo da volta.

NA PRESSÃO

Savarino marcou após passe de Hulk

Savarino marcou após passe de Hulk

O Galo começou em cima, deixando bem claro que lutaria pela vitória. Jogando sem responsabilidade, o Atlético tentou furar a defesa adversária na base de muita movimentação e triangulações pelas laterais.

O gol saiu aos 27 minutos, quando Guilherme Arana fez o passe perfeito para Hulk dentro da área pelo lado esquerdo. O gigantão carregou e rolou do lado para o toque de chapa de Savarino: 1 a 0.

CHANCES SEGUIDAS
Aos 34 minutos, nova pressão atleticana. Hulk cruza na cabeça de Nacho Fernández e o goleiro faz grande defesa. A bola cai do lado direito, onde Guga solta a bomba e o goleiro espalma para escanteio.

O segundo gol saiu em outra jogada bem trabalha. Alonso desceu pelo lado direito e cruzou no segundo pau, onde Nacho Fernández fez a tabelinha de cabeça com Marrony. Ele tocou de cabeça, o goleiro rebateu, mas na sobra deu um toquinho com o pé em chute rasteiro.

Marrony comemorou gol com bola na barriga

Marrony comemorou gol com bola na barriga

GOL DO ARTILHEIRO
No começo do segundo tempo, o placar foi ampliado. Hulk invadiu a área, tabelou com Nacho Fernández. Entregou e recebeu, protegeu a bola com o corpo e bateu cruzado tirando do alcance do goleiro.

Este é o sexto gol dele na Copa Libertadores, se igualando a Gabigol, do Flamengo e Borja. do Junior Barranquilla.

Em 17 gols com a camisa do Galo, Hulk marcou oito gols e, aos poucos, ele vai justificando sua fama de goleador e também o alto investimento do clube.

VIROU TREINO
Depois de tanta vantagem, os mineiros apenas valorizaram a posse de bola, deixando o técnico Cuca à vontade para fazer trocas e poupar seu time.

O quarto gol saiu nos acréscimos, aos 48 minutos. Guilherme Arana desceu pela esquerda de cruzou para Nathan esticar o pé e desviar para as redes.

Agora é esperar a próxima fase, só daqui a 45 dias depois da disputa da Copa América. Mas no fim de semana começa o Brasileirão e o Galo entra como um dos favoritos ao título, após o terceiro lugar do ano passado. Na estreia vai enfrentar o Fortaleza, campeão cearense, domingo às 11 horas, no Mineirão.


Fonte: Futebol Interior