Bota coloca dívida da Chape como trunfo e reacende interesse no atacante Anselmo Ramon



O Botafogo tem o compromisso em reforçar a equipe para a temporada 2021, esse trabalho ainda não foi concluído, inclusive, o presidente Durcesio Mello até declarou publicamente a membros de torcidas organizadas do clube que o Glorioso tem o objetivo de  contratar um volante, um meia e um centroavante.




Recentemente, o principal alvo vinha sendo o atacante Anselmo Ramon, da Chapecoense, mas as tratativas com o jogador de 32 anos não avançaram. O clube catarinense não abre mão da pedida de R$ 1 milhão, o que vem inviabilizando o negócio. Na última temporada, o camisa 9 anotou 10 gols na campanha do título da equipe na Série B.

Entretanto, o Alvinegro da Estrela Solitária refez seus planos e reacende o interesse pelo jogador da Chape. A informação é do repórter Rodrigo Goulart, da Rádio Chapecó, também publicada pelo portal FogãoNet.

Como a Chapecoense está inflexível quanto à multa rescisória, o Botafogo estuda usar como trunfo para as negociações uma dívida que o clube de Santa Catarina tem com o Glorioso. Trata-se de uma quantia referente a transferência de Marcos Vinícius para a Chape em 2019. O jogador pertencia ao Botafogo e foi liberado por empréstimo  para defender o clube catarinense. Além disso, Anselmo Ramon ainda tem a receber do clube catarinense.



Antes da suspensão das negociações, as conversas entre representantes de Anselmo e o Botafogo estava bem adiantada, Otávio Rigoni, um dos agentes do jogador, chegou a afirmar que o Bota e os representantes do jogador já havia até acertado bases salarias, mas, Chape e o Alvinegro precisavam entrar em um consenso para a transferência.

Contudo, o interesse por Anselmo Ramon foi retomado. O setor ofensivo do Botafogo precisa de mais nomes, pois com a saída de Matheus Babi, o time de Chamusca ficou apenas com os jovens Matheus Nascimento e Rafael Navarro para o ataque. Navarro está no momento fora de combate, pois realiza tratamento de lesão

Fonte: Bola Vip