Bruna Marquezine fala sobre relacionamento ‘leve’ com Enzo Celulari: ‘precisei de terapia’



Bruna Marquezine e Enzo Celulari assumiram o namoro no mês passado e, em entrevista à Elle, a atriz abriu o jogo sobre o começo da relação e não poupou elogios ao novo amor. Segundo Bruna, o relacionamento dos dois foi “muito leve” desde o começo. Ela contou também como e quando os dois se aproximaram.

“O Enzo apareceu na minha vida nesse momento superdelicado. Quem imagina que vai começar a namorar no meio de uma quarentena? Eu estava há uns quatro anos sem ter um namoro e fiquei muito bem sozinha, coisa que nunca tinha conseguido fazer. Antes de pensar em me relacionar com o Enzo, já admirava o trabalho dele. Ele recebeu uma criação maravilhosa, teve todo o conforto e estaria tudo certo se não fizesse nada, mas foi para o terceiro setor, trabalhar para ajudar as pessoas. A gente começou a se falar porque me coloquei à disposição pra ajudá-lo nessa pandemia, mas me disseram que ele tinha ali umas segundas intenções também, e eu pensei: “Ô, vamos ver…” E aí ele foi chegando e me conquistou”, relatou. 

Por fim, a artista enalteceu a paz da relação.

“Desde o início, foi muito leve, me fez muito bem. É um lugar onde me sinto muito segura e isso é tão bom… Foram muitas sessões de terapia para me acostumar com a paz de ter um relacionamento tranquilo. Às vezes, eu confundia isso com quase um tédio. Ficava em um estado de alerta. E aí? O que está por vir? Não tem alguma coisa errada? Não está faltando um sentimento? Ainda mais sendo atriz e atuando desde pequenininha, acho que apreciava as reviravoltas, a intensidade – essas cenas são sempre as melhores, né? E agora ter esse novo registro de amor, que desconstrói a ideia de que tem que ser pelo conflito, é uma delícia. É muito potente viver dentro de um relacionamento de respeito, de admiração, de tranquilidade”, concluiu.





Fonte: iBahia