Claudinei comemora título, mas garante “cabeça forte para a Série B”


Claudinei comemora título do Avaí, mas garante “manter a cabeça forte para a Série B”

Sem tempo para respirar, o Avaí fará sua estreia na Série B no próximo sábado, às 18h15, contra o Coritiba no Couto Pereira

Publicado em 27/05/2021
por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 27 (AFI) – As comemorações pelo título do Campeonato Catarinense terão que ser abreviadas no Avaí. Afinal, sábado já tem Série B do Campeonato Brasileiro. E o técnico Claudinei Oliveira garante que o time chegará forte para o principal objetivo na temporada.

“O gol no final, é aquele negócio de um minuto a mais. A gente veio para ganhar, queria sair com a vitória, mas tomamos o gol no final. Queria sair com a vitória nos dois jogos da final para não ter nenhuma dúvida. Agora é comemorar, mas temos que ter equilíbrio e manter a cabeça forte para a Série B”, disse ele em referência ao 1 a 1 na Arena Condá, em Chapecó. Na ida, o Avaí venceu por 2 a 1 em Florianópolis.

Doce sabor do título. (Foto: Leandro Boeira / Avaí)

Doce sabor do título. (Foto: Leandro Boeira / Avaí)

ESTREIA!
Sem tempo para respirar, o Avaí fará sua estreia na Série B no próximo sábado, às 18h15, contra o Coritiba no Couto Pereira.

“A gente sempre quer conquistar, ficou engasgado em 2017 (Avaí ficou com o vice diante da Chapecoense). É muito bom comemorar títulos. Estou muito feliz e o torcedor acho que também está feliz. Temos que agradecer aos atletas pelo desempenho nos jogos e nos treinos. Temos que valorizar porque também enfrentamos um grande adversário. A gente tem que trabalhar para conquistar sempre e ganhar sempre. A gente espera que o torcedor nos apoie também na Série B”, completou Claudinei.

QUE ESTRELA!
O título fez o Avaí chegar a 18 conquistas, a mesma quantidade do rival e recordista Figueirense. Diego Renan tem títulos pelos dois da capital, além de troféus por Criciúma e Chapecoense. Todos foram conquistados na Arena Condá.

“Quero agradecer a Deus por mais um título. Os quatro títulos que tive foram aqui na Arena Condá. Meu filho é nascido aqui em Chapecó também, não tenho palavras pra descrever mais um título aqui na cidade. Temos o objetivo de conquistar o acesso na Série B e vamos focar nisso agora”, disse o jogador.


Fonte: Futebol Interior