Coelho fala em levar atletas do Corinthians para a Inter de Limeira


Paulista

Roger elogia Coelho, que fala em levar atletas do Corinthians para a Inter de Limeira

Ex-comandante de Corinthians e Metropolitano chega com a missão de substituir Thiago Carpini

Publicado em 19/05/2021
por Agência Futebol Interior

Limeira, SP, 19 (AFI) – O jovem técnico Dyego Coelho, de 38 anos, foi apresentado oficialmente, nesta quarta-feira, pela Inter de Limeira. O ex-comandante de Corinthians e Metropolitano chega com a missão de substituir Thiago Carpini, responsável pela melhor campanha do Leão no Paulistão, e de preparar o time para a Série D do Campeonato Brasileiro.

“Primeiramente dizer que estou muito feliz, de verdade mesmo, com a recepção, a oportunidade, como foi conduzida toda a negociação. De verdade mesmo, estou muito feliz. Encontro aqui muita organização, encontro muito empenho, muito trabalho. E tenho certeza que a gente vai fazer um grande trabalho. Empenho não vai faltar para a gente fazer um grande brasileiro”, disse Coelho, que pretende fazer parceria com o Corinthians.

Roger apresentou Coelho. (Foto: Italo Gabriel / Inter de Limeira)

Roger apresentou Coelho. (Foto: Italo Gabriel / Inter de Limeira)

“A gente sabe que é preciso mesclar. A Série D é um campeonato difícil. Claro, a gente tem portas abertas lá dentro. O Roger também tem, eu tenho, temos amigos lá dentro, principalmente para ter esse tipo de ajuda. Não é qualquer jogador que está liberado e vai vir para cá, a gente tem que saber escolher, tem que saber olhar, tem que ver o interesse do próprio atleta, tem que ver o interesse dos empresários, tem que ver o interesse do clube. Então é uma série de situações que acabam sempre dando uma demorada, gravando algumas situações”, comentou.

NO CORINTHIANS!
Coelho comandou o Sub-23 do Corinthians e teve uma chance no profissional após a saída de Tiago Nunes, mas não agradou. Com a mudança da diretoria – Duílio Monteiro Alves assumiu a vaga de Andrés Sanchez -, ele foi demitido.

Na base, Coelho deixou o cargo com aproveitamento de 65%, após 125 jogos, com 71 vitórias, 31 empates e 23 derrotas. Foi vice-campeão da Copa do Brasil e do Campeonato Paulista. Aos 38 anos, Coelho comandou a equipe principal do Corinthians em duas oportunidades, com 15 partidas no total. Seu melhor desempenho foi garantir uma vaga na Copa Libertadores após o fim da temporada de 2019.

“Mas pela amizade, pela porta aberta que a gente tem lá, a gente procura sim fazer esse contato. Já até procuramos isso. A gente sempre tem respostas, mas é analisar direitinho para trazer o melhor para cá, para o que a gente precisa. E a gente vai com todas as forças para fazer um grande campeonato, para fazer com que o torcedor entenda a nossa luta, a nossa disposição para que a Inter chegue nesse acesso”, seguiu o ex-lateral.

Formado nas categorias de base do Corinthians, o ex-lateral direito jogou 112 jogos pelo time de Parque São Jorge, com 45 vitórias, 26 empates, 41 derrotas. Ele foi o autor de 15 gols e conquistou o título brasileiro em 2005.

ELOGIOS!
“O clube já vem há tempos passando por uma reestrutura de pensamentos, de mudar, de pensamento de jogo, de ter um treinador jovem, um cara que conheça essa rapaziada mais jovem, um cara que tem um jogo apoiado. Isso é uma cultura do clube, vocês já sabem que essa foi uma ideia já vinda com o Thiago (Carpini), e eu peguei essa ideia como atleta”, começou Roger, ex-atacante e, hoje, gerente de futebol da Inter.

MESSI APRONTA DE NOVO!

“Então o Dyego Coelho, para mim só Coelho, pela amizade que a gente tem de anos, eu estou muito feliz pela chegada dele. Tenho certeza que ele vai fazer um grande trabalho à frente da Inter. Tenho convicções de que a decisão da chegada dele só vai agregar, e a nossa diretoria só deseja boa sorte, que possa fazer um grande trabalho. Ele sabe que pode contar com a gente aqui”, completou.

SÉRIE D
A Inter de Limeira está no Grupo A7 da Série D ao lado de Bangu-RJ, Boavista-RJ, Cianorte-PR, Madureira-RJ – adversário de faz primeira apresentação em 6 de junho às 17 horas -, Portuguesa, Santo André e São Bento.


Fonte: Futebol Interior