Como lidar com as críticas destrutivas?


Lidar com as críticas destrutivas pode parecer difícil, especialmente para pessoas mais sensíveis e emotivas. Isso porque nunca estamos preparados para receber uma crítica que tem, única e exclusivamente, o objetivo de diminuir algo em nós. E quando nos deparamos com esse discurso na boca de outra pessoa, acatamos como verdade absoluta, sentindo uma forte frustração para com nós mesmos.

Porém, e se lhe disséssemos que a crítica destrutiva fala mais sobre quem está falando, do que sobre quem está sendo criticado? E ainda, que existem formas de se “blindar” contra esse tipo de comentário? Parece interessante, não é mesmo?

Pois bem, considerando esses dois pontos nós elaboramos este conteúdo para lhe ajudar a lidar com as críticas negativas da melhor forma possível. Acompanhe para saber mais.

Como lidar com as críticas destrutivas? Veja algumas dicas

Lidar com as críticas destrutivas pode ser muito dolorido, especialmente para as pessoas que se baseiam no perfeccionismo na hora de tomar as suas decisões. No entanto, algumas considerações podem lhe ajudar a enxergar a situação de forma mais leve. Veja a seguir:

1- Quando Pedro me fala sobre Paulo, eu sei mais de Pedro que de Paulo (Freud)

Já dizia o sábio Freud, que quando alguém fala de um terceiro, sabemos mais do crítico do que do criticado. Isso se deve a um princípio psicológico onde costumamos apontar no outro o que nos desagrada em nós mesmos. Consequentemente, projetamos os nossos “defeitos” nos outros, falando mais sobre nós, do que sobre o outro.

Certamente há exceções, no entanto, precisamos ficar de olho para enxergarmos até que ponto a crítica é verdadeira ou é um “exagero” sobre algo que aconteceu. Pense sobre isso antes de simplesmente “abaixar a cabeça” na hora de lidar com as crítica destrutivas.

2- Crie a imagem mental de “deixar a crítica” com quem a falou

Independente de a crítica ter sido feita diretamente para você, ou através de uma fofoca no trabalho, por exemplo, você deve aprender a “deixá-la” com quem a falou. Ou seja, imagine que você está, de fato, limpando-se daquela crítica.

Quando recebê-la, imagine que está deixando ela no chão, ali mesmo, aonde você a ouviu. Em seguida, siga com a sua vida como se essa crítica nunca tivesse sido “despejada” sobre você.

3- Além de ser impossível agradar a todos, também é absolutamente desnecessário (Ana Suy)

A psicanalista Ana Suy também traz uma frase que pode nos ajudar a lidar com as críticas destrutivas: é impossível agradar a todos. Sempre haverá aqueles que não gostarão do nosso estilo, nossos pensamentos e nossas atitudes. E tudo bem!

Afinal, certamente você também já olhou de maneira negativa para alguém que não lhe agrada, não é mesmo? E nem por isso aquela pessoa se afetou… Portanto, por que você vai se afetar? Apegue-se a quem gosta do seu jeito, e não a quem lhe lança críticas destrutivas.

4- Tente praticar a indiferença para lidar com as críticas destrutivas

A indiferença é uma forte aliada na hora de lidar com as críticas destrutivas. Ao invés de demonstrar raiva, confrontar ou demonstrar tristeza diante do que foi escutado, procure praticar a indiferença. Assim, se a crítica dirigida a você foi uma tentativa de lhe desestabilizar, a pessoa terá fracassado.

Considerando esse pensamento de indiferença, vale frisarmos outro fator importante: o ódio não é o oposto do amor, ok? Por isso, fique atento aos sentimentos aflorados diante de uma crítica destrutiva. 😉


Fonte: Notícias Concursos