Dicas de séries e filmes da semana: Legado de Júpiter


Imagem de: Dicas de séries e filmes da semana: Legado de Júpiter

Imagem: Netflix/Reprodução

O sucesso da “fórmula Marvel” no cinema e mais recentemente em séries tem levado muitos estúdios a pensar nas próprias adaptações ou criações originais. Nesse cenário, O Legado de Júpiter, que estreou nesta sexta-feira (07) na Netflix, é mais uma produção baseada em seres superpoderosos e que merece sua atenção. Ela é nossa dica de séries e filmes da semana.

O Legado de Júpiter é uma adaptação de uma HQ homônima criada por Mark Millar e Frank Quitely e narra a clássica história de conflito geracional, já que antigos super-heróis precisam passar o bastão para seus filhos. No meio desse enredo meio shakespeariano há espaço para alguma porradaria com vilões, afinal se trata de uma produção de heróis.

O Legado de Júpiter

Mistura de referências

O Legado de Júpiter é uma produção ousada, no mínimo. Em uma entrevista ao site Empire, Millar, que está trabalhando com a Netflix na adaptação, disse que a série tem elementos de 2001: Uma Odisseia no Espaço e O Poderoso Chefão 2. “[A história] percorre todo o tempo e espaço e explica o mistério da existência humana, tudo ligado a uma história de super-herói”, disse.

Como se não fosse o suficiente, a série ainda tem referências de Vingadores, obviamente. O projeto mais bem-sucedido de uma grande franquia bilionária não poderia faltar.

O Legado de Júpiter

Apesar de mirar alto, é importante manter as expectativas um pouco mais baixas antes de assistir à série. Com uma recepção mista da crítica especializada, a produção deve divertir, mas está longe de chegar perto de suas fontes de inspiração.

Quem vai curtir?

Pessoas que gostam das histórias mais tradicionais da Marvel e da DC Comics podem curtir O Legado de Júpiter, já que a trama mais convencional dos heróis das empresas se faz presente na obra da Netflix. Ainda nesse gênero, quem apreciou histórias menos habituais, como The Boys e Invencível, ambas do Amazon Prime, também pode curtir a série. Essas narrativas conseguem fugir um pouco mais da fórmula pasteurizada e trazer outras discussões do universo de seres poderosos.

Em relação ao enredo mais familiar, no qual existe um conflito geracional ou pelo menos diferentes perspectivas entre pais e filhos, quem gostou de The Umbrella Academy e Stranger Things, ambas da Netflix, pode aproveitar e ter bons momentos com O Legado de Júpiter.

O Legado de Júpiter

O elenco da série conta com nomes como Josh Duhamel, Leslie Bibb, Ben Daniels, Elena Kampouris, Andrew Horton, Mike Wade, Matt Lanter e Ian Quinlan.


Fonte: Tecmundo