Em No Limite, Ariadna discute com Íris por crítica a prostituição: ‘fora da realidade’



Em uma conversa sobre experiências de vida no segundo episódio do No Limite, nesta terça-feira (18), o clima ficou pesado entre Ariadna Arantes e Íris Stefanelli, a “Siri”.

Depois da prova do Privilégio, Íris apontou que era importante estudar e focar em concurso para vencer na vida e evitar a prostituição. “Tem que estudar, prestar concurso”, disse.

Ariadna, então, pediu para a loira evitar julgamentos, pois as realidades são diferentes. “Eu acho a Íris uma pessoa incrível, mas acho que ela vive um pouco fora da realidade. O fato dela ter tido mais privilégios do que eu, talvez faça com que ela viva em um mundo de fadas e infelizmente essa não é a minha realidade”, rebateu a ex-BBB11.

Irís insistiu que Ariadna teve opções diferentes na vida, o que deixou a participante ainda mais chateada.

“Não, amiga, não tive. Quando eles me olhavam com nome de homem e com cara de mulher, eu não tive (…) Você não pode falar uma coisa que você não tá dentro da sua realidade.”, tentou explicar. Íris continuou defendendo a sua versão. “Tá dentro da sua cabeça”, rebateu a loira, que ainda citou seus trabalhos “mais humildes”.

“Amiga, você é mulher cis, branca e dos olhos verdes. Só o fato de ser uma mulher trans já me tira todos os meu privilégios e eu acho chato ficar debatendo isso.”, encerrou Ariadna.

A única mulher trans a participar do BBB e do No Limite ganhou o apoio de outros participantes do do reality de aventura, como Elana e Zulu. “Experiências e histórias a gente tem que ficar calado. Não dá para mudar, nada se muda”, encerrou Zulu.

Nas redes sociais, a equipe de Íris Stefanelli divulgou um comunicado pedindo desculpas à Ariadna. “Respeitamos demais a história da Ariadna e temos um carinho muito grande por ela e pela parceria de ambas, como vimos desde o programa de estreia. Íris está longe de ser contra as minorias.”, dizia o comunicado.





Fonte: iBahia