Entenda tudo sobre a tecnologia 5G


smartphone-1894723-1920
Imagem: Pixabay.

A rede 5G é a quinta geração de redes móveis. Ela tem muitas aprimorações se comparada à rede móvel 4G.

A tecnologia 5G é a aprimoração da banda larga sem fio. O intuito de seu desenvolvimento é aprimorar as funcionalidades da rede móvel mais utilizada atualmente que é a 4G.

A conexão móvel 5G vai ter:

  • Possibilidade de mais dispositivos conectados ao mesmo tempo;
  • Cobertura mais ampla e eficaz;
  • Maior possibilidade de troca de dados.

As redes 4G entregam uma velocidade média de conexão de 33 Mbps. No entanto, o 5G será capaz de alcançar a velocidade de até 10 Gbps.

Quais serão as possibilidades com o 5G?

 Uma organização internacional chamada GSMA que é formada por mais de 1200 operadoras de internet móvel, internet e operadoras de rádio, definiu em 2014 alguns critérios para a implantação de redes 5G. Confira alguns deles:

  • Elas devem consumir pelo menos 90% menos energia que as redes 4G;
  • O número de dispositivos conectados por área deve aumentar de 500 a 1000 vezes a mais que a possibilidade atual;
  • Os rádios receptores devem ter aumento significativos na duração de bateria.

Como as redes 5G funcionam?

Elas funcionam por meio de ondas de rádio, como as redes móveis anteriores.

As antenas de redes 5G serão unidas às antenas que já funcionam e serão modificadas para funcionar junto com as frequências já existentes.

Quando as redes 5G estarão disponíveis?

O início de implementação das redes 5G está previsto para 2020. No entanto, seu funcionamento integral tem estimativa de acontecer por volta de 2025, pelo menos nas cidades grandes.

Quais tipos de dispositivos serão compatíveis com as redes 5G?

Por conta da tecnologia nova, os dispositivos iniciais terão um custo superior. No entanto, depois de um tempo eles serão mais acessíveis. Os smartphones são os primeiros dispositivos que vão utilizar a nova tecnologia. Posteriormente, dispositivos como eletrodomésticos, pulseiras e relógios inteligentes também utilizarão as redes 5G. A tendência é que as redes 5G substituam até o uso do Wi-Fi.

Fonte: Notícias Concursos