História do Brasil: as Invasões Holandesas


Invasões Holandesas: tudo sobre esse assunto

As Invasões Holandesas foram um período de extrema importância para a história do Brasil colônia.

Dessa maneira, não é de se surpreender que esse assunto seja tão cobrado nas principais provas de história do Brasil do país, com um destaque para concursos, a prova do ENEM e diversos vestibulares.

Invasões Holandesas: Introdução

O termo Invasões Holandesas se referem ao conjunto de invasões organizadas pelos holandeses ao Brasil no século XVII.

A série de expedições se iniciou no ano de 1624, quando os holandeses chegaram à Bahia. Posteriormente, o estado de Pernambuco seria invadido em 1630 e o Maranhão seria invadido em 1641.

Invasões Holandesas: Causas

As invasões dos holandeses ao Brasil foram ocasionadas por questões diplomáticos envolvendo a Holanda, a Espanha e Portugal, no final do século XVI. Isso porque, até 1580, a Holanda estava envolvida no comércio do açúcar que era produzido no Brasil, uma vez que os holandeses financiavam diversos engenhos e levavam o produto para a Europa para ser comercializado em determinados países. Porém, quando nesse mesmo ano ocorre a União Ibérica após o desaparecimento do rei D. Sebastião, Portugal passa a ser controlado pela Espanha.

O agravante era que a Espanha estava em guerra com a Holanda há cerca de 20 anos. Dessa maneira, os holandeses foram excluídos do comércio internacional de açúcar, o que resultaria nas diversas expedições ao Brasil.

Invasões Holandesas: WIC e invasão do Nordeste

Em 1621, a Holanda criaria a Companhia das Índias Ocidentais, sendo sic a sua sigla, com o objetivo de dominar os produtores de açúcar sob domínio da Espanha.

Assim, no ano de 1624, os holandeses organizaram a primeira invasão contra o Brasil, na cidade de Salvador, Bahia. Depois de um ano, os invasores seriam expulsos, mas retornariam diversas vezes.

Assim, em 1635, os holandeses chegaram em Pernambuco com mais de 6 mil homens e dominam a região.

Com a conquista desse amplo território, os holandeses percebem a necessidade de fundar uma espécie de governo que pudesse exercer as principais funções políticas e militares.

Invasões Holandesas: Maurício de Nassau

Assim, para organizar a política do chamado Brasil Holandês, o conde Maurício de Nassau é enviado para o Brasil em 1637 e é nomeado administrador geral. A cidade de Recife será por ele designada como sede do Brasil Holandês.

Durante o governo de Nassau, houve um forte desenvolvimento das artes e das atividades liberais, como a medicina. Ainda, Nassau se empenhou em recuperar a produção açucareira e em realizar obras de urbanização da nova capital.

Invasões Holandesas: Declínio

No ano de 1640, com o fim da União Ibérica, Portugal se torna independente da Espanha. Porém, no ano de 1643, Maurício de Nassau irá abandonar Recife e voltar para a Europa.

Sem o administrador geral, a situação entre holandeses e senhores de engenho piora rapidamente, uma vez que os últimos não conseguem mais pagar as dívidas que possuíam com os primeiros.

Assim, os senhores de engenho, com o apoio dos portugueses e dos ingleses, organizam a Insurreição Pernambucana, no ano de 1645, que expulsa definitivamente os holandeses do país.

Fonte: Notícias Concursos