História: Entenda o Estado Moderno 


O Estado Moderno surgiu através da união de vários feudos que pertenciam à Europa. Além disso, a criação do Estado Moderno pode ser dividida em quatro fases, são elas:

  • Estado moderno 
  • Estado liberal 
  • Crise no estado liberal 
  • Estado democrático liberal 

Surgiu no século XV, juntamente com o desenvolvimento do capitalismo mercantil em Portugal, França, Inglaterra e Espanha e posteriormente na Itália. 

No entanto, o surgimento do Estado Moderno acontece na crise do Feudalismo. No Feudalismo não existiam estados nacionais centralizados. 

Os senhores feudais buscavam exercer poderes políticos em seus domínios, sem precisar responder a um poder central. 

Ou seja, cada feudo possuía autonomia política, assim como também poderia estar submisso a um reino maior. 

Todavia, o poder dos senhores feudais era dividido com o governo das cidades medievais autônomas, conhecidas como comunas. 

As comunas, tinham autonomia para reger o comércio, criar impostos, garantir a liberdade dos cidadãos, assim como controlar processos judiciais. 

O Estado Moderno poderá ser cobrado em questões do Enem e demais vestibulares. Por isso acompanhe o artigo e aprenda mais sobre!

Contexto histórico do Estado Moderno e suas características

Com a chegada da crise no sistema feudal entre os séculos XIV e XV, por conta das revoltas sociais dos camponeses e da evolução do comércio no continente europeu. 

Além disso, a burguesia passou a exigir elementos para garantir o desenvolvimento do comércio como um governo estável, leis e taxas unificadas. 

Ademais, os burgueses eram contrários aos altos impostos sobre os produtos e a diversidade de moedas. 

O Estado Moderno demorou cerca de três séculos para se consolidar. O início se deu através do absolutismo monárquico.

Através da centralização do poder na monarquia, começou a se desenvolver um exército nacional, a estrutura jurídica e a sistematização da cobrança de impostos. 

Podemos destacar como as principais características do Estado Moderno:

  • Um único poder 
  • Um só exército
  • O rei possuía autoridade sobre todo território 
  • Administração e justiça unificadas 
  • Criação do sistema burocrático 

Como ele se estabeleceu em Portugal

O reino português foi o primeiro a utilizar o Estado Moderno. Através da centralização política ocorreu através das campanhas militares da Guerra de Reconquista. 

A Guerra de Reconquista contra os muçulmanos assegurou a independência de Castela no século XII. 

Além disso, a Revolução de Avis garantiu a consolidação do Estado Moderno em Portugal em 1385. Dom João tornou-se rei de Portugal e iniciou o processo de expansão marítima europeia. 

Como ele se estabeleceu em território espanhol, francês e inglês

Em território espanhol, o Estado Moderno surgiu através da Guerra da Reconquista e da união dos reinos de Aragão e Castela em 1469. No entanto, a consolidação ocorreu com a expulsão dos mouros do Reino de Granada em 1492. 

A saber, no território francês, a vitória sobre os ingleses na Guerra dos Cem Anos (1337 – 1453), firmou as bases para a formação do Estado Moderno. 

Já na Inglaterra, o processo ocorreu após a Guerra das Duas Rosas (1455 – 1485) garantindo a supremacia do soberano sobre os senhores feudais. 

E então, gostou de saber um pouco mais sobre o Estado Moderno?

Não deixe de ler também – 2° Guerra Mundial: Entenda a Blitzkrieg.

Fonte: Notícias Concursos