Independiente 1 x 0 Bahia – Gol contra praticamente elimina o Tricolor


Sul-Americana

Independiente (ARG) 1 x 0 Bahia – Gol contra praticamente elimina o Tricolor

O gol da vitória argentina foi ainda mais amargo, pois foi feito por Thonny Anderson, contra, já no fim da partida

Publicado em 18/05/2021
por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 18 (AFI) – Apesar de ter feito um bom jogo diante do Independiente, da Argentina, o Bahia saiu derrotado por 1 a 0 na noite desta terça-feira pela quinta e penúltima rodada da primeira fase da Copa Sul-Americana.

O clube brasileiro jogou no Estádio Libertadores da América, em Avellaneda, e criou as principais chances, mas não conseguiu marcar. O gol da vitória argentina foi ainda mais amargo, pois foi feito por Thonny Anderson, contra, já no fim da partida.


MELHORES MOMENTOS:

Espaço incorporado por HTML (embed)

%3Ciframe%20width=%22560%22%20height=%22315%22%20src=%22https://www.youtube.com/embed/FYwK_Mzk4-w%22%20title=%22YouTube%20video%20player%22%20frameborder=%220%22%20allow=%22accelerometer;%20autoplay;%20clipboard-write;%20encrypted-media;%20gyroscope;%20picture-in-picture%22%20allowfullscreen%3E%3C/iframe%3E


SITUAÇÃO DO GRUPO B

Com o resultado, o Bahia caiu para segunda colocação do Grupo B e segue com oito pontos, três a menos do que o Independiente, que praticamente garantiu a classificação. Isso porque joga por um empate na última rodada diante do já eliminado Guabirá, da Bolívia, que perdeu seus quatro jogos até agora.

A partida está marcada para quarta-feira (26), às 19h15, mesma data e horário em que o Bahia recebe o Montevideo City Torque, do Uruguai, no Pituaçu, em Salvador (BA).

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

BAHIA MELHOR

Mesmo jogando fora de casa, o Bahia conseguiu impor certa pressão no começo da partida e levou perigo com cabeçada de Gilberto após cruzamento da direita.

Outro lance importante ocorreu aos 23, em troca de passes curtos, quando Thaciano apareceu na grande área e chutou de primeira, mas para fora.

Depois disso, o time brasileiro deu mais espaço para o Independiente, que não conseguiu criar chances claras de gol. A chegada mais perigosa foi em chute de fora da área de Sebastián Palacios. O goleiro Douglas tentou encaixar, mas a bola escorregou e foi para escanteio.

SÓ DEU TRICOLOR NO SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, o cenário se repetiu de forma intensificada, com o Bahia bem melhor. Até chegou balançar a rede, mas Daniel estava impedido em lance de falta.

Rossi era acionado constantemente com sua velocidade e Rodriguinho também levou perigo em chute de fora da área e nas bolas paradas, duas delas com boas cabeçadas de Juninho.

DADO LAMENTA DERROTA NOS DETALHES

GOL CONTRA DE ATACANTE

O Independiente só chegou ao gol de Douglas aos 26 minutos em bola parada. Barreto cabeceou para defesa tranquila do brasileiro. Até que aos 37 minutos, em outra falta, o time argentino abriu o placar.

Depois do cruzamento, o atacante Thonny Anderson tentou tirar, mas trombou com goleiro Douglas e mandou contra o próprio gol.

VEJA O GOL CONTRA

Recém-chegado ao Bahia, Thonny Anderson entrou no segundo tempo em seu sexto jogo e ainda não marcou a favor do clube baiano. O Bahia ainda chegou bem em uma cobrança de falta já nos acréscimos, cobrada por Matheus Galdezani, mas não conseguiu o empate.


Fonte: Futebol Interior