Jovem fica parcialmente cega após acidente com celular



Jovem de 19 anos, identificada como Esther Modede, ficou parcialmente cega depois que um carregador de telefone com defeito explodiu e fagulhas atingiram seu olho. O caso aconteceu no final de abril deste ano, em Birmingham. As informações são do jornal Mirror. 

A estudante contou que estava conectando seu telefone ao carregador quando percebeu que o fio parecia um pouco danificado. Depois, ela notou que o aparelho e o carregador começaram a queimar. O fio começou a explodir e uma das faíscas atingiu Esther diretamente no olho. 

Esther foi levada para o hospital, onde “ganhou” um curativo para o olho machucado. Após passar o período indicado de ficar com o curativo, a visão da jovem não havia voltado ao normal. A recuperação dela tem sido lenta. 

“Eu peguei meu carregador emprestado para meus amigos no fim de semana e quando o peguei de volta ele estava ligeiramente danificado. Não pensei em nada, então conectei meu telefone para carregar e ele começou a queimar”, relatou a jovem. 

“No momento em que a faísca atingiu meu olho, meu olho se fechou e senti que começava a inchar. Foi uma sensação de calor. O inchaço e o embarçamento da minha visão eram preocupantes”, acrescentou. 

Os oftalmologistas do Hospital Municipal de Birmingham informaram para Esther que a faísca havia danificado sua córnea.





Fonte: iBahia