Mãe de Jéssica comenta postura da filha em ‘No Limite’ e lembra infância: ‘Sempre quis ser a líder’ | No Limite


O No Limite traz muitos desafios aos competidores, e um dos momentos mais tensos são as provas. Na busca por privilégios ou pela imunidade da tribo, cada um precisa dar o melhor de si. Na primeira Prova do Privilégio, Jéssica orientou os companheiros da tribo Calango, que deram conta do recado e levaram a melhor na disputa.

Depois da prova, a personal trainer explicou, rindo: “Eu peguei bem rápido a ideia para fazer o manuseio do barco e passei para eles, que não tinham entendido nada”. O Gshow conversou com a mãe da competidora, Tania Heckert, que contou que a filha sempre teve o espírito de orientar as pessoas.

“Ela está tendo a oportunidade de mostrar um outro lado dela. Quando ela era pequena, na escola, no condomínio, ela sempre liderava, sempre quis ser a líder”, entrega.

Tribo Calango vence a Prova de Privilégios

Tribo Calango vence a Prova de Privilégios

Tania também revela que Jéssica foi muito determinada para a competição e diz que a personal trainer deve ser mais racional no reality.

“Quando ela foi, ela me disse: ‘Mãe, vai ser bem diferente do Big Brother. E eu vou com garra, eu vou acreditando. Com outra postura, porque eu quero ganhar esse prêmio’. Outra coisa que ela falou é que não ia agir com o coração, e sim com razão. Porque a Jéssica é muito coração, é amiga, acredita (nas pessoas). Então, dessa vez, ela disse que ia com garra, que não ia ter pena. E foi o que ela fez.”

Além disso, a mãe da participante fala que o histórico da filha como atleta de ginástica olímpica pode ajudá-la a superar os próprios limites. “É a cara dela, essa coisa de desafio e aventura. Ela começou (a competir) com 9 anos e, com 16, teve que parar porque rompeu o ligamento do joelho”, lembra.

Jéssica na estreia do ‘No Limite’ — Foto: Globo

Para além da competição, outro desafio no programa é lidar com a equipe. Na Prova da Imunidade, por exemplo, Jéssica se desentendeu com Carol Peixinho depois que Mahmoud deixou a disputa e a tribo Calango perdeu a prova. Tania diz que a filha “fecha a cara” nesses momentos, mas, depois, tenta conversar e resolver o problema.

“Nada contra a Carol, longe disso, mas ela (Jéssica) viu que pisaram na bola com ela. E ela é muito justa. O que é certo é certo, o que ela erra, ela admite. Se ela não erra e a pessoa ainda quer questionar, aí ela vira a cara”, explica.

Tribo Carcará vence a Prova da Imunidade

Tribo Carcará vence a Prova da Imunidade

A mãe da participante também comentou o voto de Jéssica em Mahmoud, primeiro eliminado do programa. Ele se mostrou surpreso com a decisão da personal trainer, que foi sua colega de confinamento no BBB18.

“Eu gosto muito dele, apesar de ter dado aquela treta, até lá no Big Brother. A Jéssica sempre fala: ‘não tenho nada contra ele’. Ali, ela achou melhor votar nele. Tudo bem, vida que segue”.

Jéssica Mueller vota em Mahmoud, mas erra na grafia do nome — Foto: Globo

Por fim, Tania declara sua torcida para a filha:

“Ela foi para mostrar o outro lado dela. O lado guerreira, de batalhar, de lutar. Mostrar que ela tem garra, que não é ‘mimadinha’, patricinha. Ela é forte, determinada. Sou mãe, sou suspeita para falar. Minha filha é uma princesa, mas é uma princesa guerreira”.

Fique ligado! Amanhã tem mais um episódio de ‘No Limite’ na Globo, depois de Império.

Mahmoud é o primeiro eliminado do ‘No Limite’

Dermatologista explica inchaço na pele de Jéssica na estreia de ‘No Limite’

Reveja a estreia do reality:



Fonte: Gshow