MARANHENSE: Sampaio Corrêa volta a vencer e conquista o bicampeonato


Maranhense

MARANHENSE: Sampaio Corrêa volta a vencer e conquista o bicampeonato

Esta foi a 35ª conquista Estadual do Sampaio Corrêa, que agora terá a Série B do Brasileiro pela frente

Publicado em 23/05/2021
por Agência Futebol Interior

São Luís, MA, 23 (AFI) – Superior durante os 90 minutos, o Sampaio Corrêa voltou a vencer o arquirrival Moto Club, desta vez por 3 a 1, em confronto realizado na manhã deste domingo no estádio Castelão, em São Luís, pelo confronto de volta da final do Campeonato Maranhense. Com isso, a Bolívia Querida é bicampeã Estadual!

COBERTURA COMPLETA
O Portal FUTEBOL INTERIOR acompanha todos os Campeonatos Estaduais do Brasil online pelo PLACAR AO VIVO e também depois com comentários e destaques da rodada. Baixe também o Aplicativo – App Placar FI – tanto pelo Google Play como APP Store.

VEJA TODOS OS DETALHES DOS ESTADUAIS

A conquista deste domingo teve um gosto ainda mais especial. Isso porque foi disputada a 100ª edição do Maranhense. Além disso, o Sampaio Corrêa mais uma vez comprovou que o Moto Club é ‘freguês’ nos últimos anos. Pelo segundo ano seguido, o Sampaio venceu o adversário na final e ficou com a taça de melhor do Estado.

Esta foi a 35ª conquista de Campeonato Maranhense pelo Sampaio Corrêa, que virou uma das potências do futebol nordestino sob a administração do presidente Sérgio Frota. Tanto é que o clube figura na Série B do Campeonato Brasileiro, sempre dando trabalhando e sonhando com o acesso à elite Nacional.

Sampaio Corrêa venceu o Moto Club sem dificuldades neste domingo

Sampaio Corrêa venceu o Moto Club sem dificuldades neste domingo

O JOGO
Com bola rolando, o Sampaio Corrêa ignorou a vantagem construída já na primeira partida e foi para cima do Moto Club. Tanto é que logo aos 14 minutos abriu o placar. Jajá fez jogada individual pela esquerda e tocou para Ferreira, que finalizou forte e acertou o canto do goleiro Joanderson.

O gol do Sampaio fez o Moto Club se expor mais em campo. Aos 28, Erick Daltro lançou Jajá, ele invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Joanderson. Pênalti bem marcado. Ciel, o Cruel, foi para a cobrança e não desperdiçou, aumentando a vantagem e colocando a Bolívia Querida ainda mais próxima da conquista.

Após o intervalo, o Moto Club voltou com postura mais ofensiva, mas não demorou e sofreu o terceiro gol. Aos 15 minutos, Jefinho tocou para Pimentinha, que invadiu a área e finalizou na saída do goleiro. Com o título garantido, o Sampaio ‘tirou o pé’ e viu o Moto descontar aos 28 minutos com Wanderson, mas tarde demais.


Fonte: Futebol Interior