No ‘A Eliminação’, Angélica fala que veio da Bélgica para participar do ‘No Limite’ e avalia seu desempenho: ‘Sou raçuda’ | No Limite


Angélica, a segunda eliminada do No Limite, conversou com Andre Marques no A Eliminação, exibido nesta quarta-feira, 19/05, no Multishow. O programa reprisa no próximo domingo, 23/05, na Globo, após o Fantástico.

No papo com o apresentador, a ex-integrante da tribo Calango falou sobre sua impressão da competição:

Foi extremamente difícil dentro do que eu imaginei. Partindo do principio da primeira prova, pra mim foi bem punk. Não treino, sou mãe de três filhos. Atualmente, não moro no Brasil, eu vim para participar do programa. Moro na Bélgica, numa temperatura extremamente diferente. Tínhamos -10 graus quando saí de lá e chego aqui, um sol para casa pessoa“.

Tribos enfrentam caminhada na primeira etapa da prova

Tribos enfrentam caminhada na primeira etapa da prova

“Ali eu já vi que a pegada do pessoal: ‘a Angélica vai ter mais dificuldade’. (…) Deu certo, eu consegui subir, mas subi com muita dificuldade (a duna). Foi importante porque a galera me incentivou, Kaysar ficou: vem, vem”, complementou a ex-participante sobre o desafio de escalar uma duna gigante na Praia Brava.

Tribo Carcará vence a primeira prova

Tribo Carcará vence a primeira prova

Andre, em seguida, avaliou o desempenho de Angélica como “impressionante” na primeira prova do programa – em que ela ficou mais de quatro horas cavando a areia para encontrar chaves.

Sou muito raçuda. Mas existe uma questão dentro da tribo, que não é você ser crossfiteiro ou não, é você ser mãe, sedentária…”, analisou Angélica.

Carol Peixinho e Angélica cavam para encontrar chave — Foto: Globo

Na tribo Calango, Angélica tenta fazer fogo enquanto é observada por Kaysar, Gleici e Carol Peixinho — Foto: Gshow

No final do programa, a ex-participante aproveitou para agradecer o convite do reality:

Eu queria muito agradecer essa oportunidade de me testar, de voltar ao meu país depois que eu saí do Brasil, eu nunca mais voltei. Voltei especialmente para esse momento. Então, assim, deixei meu filhos, como todo mundo deixou um pedacinho de alguém, mas deixei a minha família do outro lado do oceano. Não é uma decisão fácil. Não é qualquer pessoa que toma essa decisão”.

Angélica contou que recebeu o apoio do marido, o empresário franco-belga, Laurent Mougeot, para se aventurar no programa. “Meu marido super me apoiou. Quando eu recebi o convite, ele disse: ‘Você vai’. Aí eu falei: ‘Mas e as crianças?’ E ele: ‘Eu dou conta'”.

Angélica e o marido, Laurent Mougeot — Foto: Reprodução/Redes sociais

“A minha inteção quando eu vim pra cá foi: ‘Dá para ganhar? Dá. Não dá? Pode ser que não dê. Mas existem muitas coisas que dá para ganhar aqui dentro. Eu vou até o meu limite, o programa é isso. Missão cumpridíssima, só lamento por eles”, finalizou, Angélica.

Confira a trajetória de Angélica em ‘No Limite’

📌 Siga o No Limite nas redes sociais 👇



Fonte: Gshow