Novorizontino 4 x 0 Ituano – Tigre engole o Galo e pega Ponte na final


Troféu do Interior

Novorizontino 4 x 0 Ituano – Tigre engole o Galo e faz a final contra Ponte Preta

O time da casa fez um jogo seguro e acabou goleando na noite desta segunda-feira

Publicado em 17/05/2021
por Agência Futebol Interior

Novo Horizonte, SP, 17 (AFI) – O Novorizontino carimbou sua vaga na final do Troféu do Interior do Campeonato Paulista ao derrotar o Ituano por 3 a 0 na noite desta segunda-feira, no estádio Jorge Ismael de Biasi. A classificação serve de alento para um time que brigou até a última rodada por um lugar nas fases finais do torneio. Vale lembrar que o campeão garante vaga na Copa do Brasil 2022.

Na final, o Novorizontino encontrará a Ponte Preta, que já conquistou a competição em seis oportunidades. O time alvinegro passou pelo Red Bull Bragantino nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal.

SÓ DEU TIGRE!
O primeiro tempo foi de total domínio do Novorizontino. O time, que amargou a eliminação do Paulistão na rodada final, não precisou de muito para abrir o marcador logo aos sete minutos. Em bela trama de contra-ataque, Danielzinho recebeu de Murilo Rangel, invadiu a área e tocou para Cléo Silva estufar as redes de Pegorari.

O Ituano ainda ameaçou com Gabriel Taliari, mas Giovanni fez grande defesa para assegurar o Novorizontino, que voltou a atacar. Aos 46 minutos, Murilo Rangel recebeu em liberdade e arriscou de longe. A bola bateu em Jenison e surpreendeu o goleiro Pegorari, 2 a 0. Antes do apito final, o árbitro consultou o VAR para analisar um possível pênalti para o Ituano. Após a revisão, manteve a decisão de campo e colocou um ponto final nos primeiros 45 minutos.

Novorizontino derrota o Ituano. Foto: Miguel Schincariol/Ituano FC

Novorizontino derrota o Ituano. Foto: Miguel Schincariol/Ituano FC

FECHOU A CONTA!
No segundo tempo, o Ituano igualou as ações, mas, mesmo melhor, acabou sendo castigado. Cléo Silva tocou para Jenison, que fez o pivô e contou com um corta-luz de Murilo Rangel para dar a bola para Léo Baiano fazer um bonito gol, ampliando o marcador para 3 a 0. O time de Itu tentou diminuir de imediato, mas a bola de Bruno Lopes parou na trave.

O jogo ficou aberto com ambas as equipes buscando o gol. O Novorizontino, apesar da vantagem, não se acomodou e seguiu pressionando. Aos 30 minutos, Guilherme Queiroz, que acabara de entrar na partida, saiu de frente para o gol e bateu colocado. A bola carimbou caprichosamente a trave.

E não parou por aí. Sobrando na partida, o Novorizontino ainda chegou ao quarto gol em um chute de longa distância de Pereira. Final de jogo: 4 a 0.


Fonte: Futebol Interior