Pacheco aponta seriedade e Guto aposta na “coesão” do grupo como trunfo; Ceará vai com força total para decisão da Lampions


O começo de temporada para o Ceará foi frenético. O Vozão abriu frentes em três competições simultâneas, com atuações competitivas na Copa Sul-Americana, Campeonato Cearense e Copa do Nordeste. No próximo sábado acontece a decisão de uma delas, quando o Vozão enfrenta o Bahia na segunda partida pelo título da Lampions. O Gigante Alvinegro venceu o primeiro duelo em Salvador por 1 a 0.




O lateral-esquerdo Bruno Pacheco concedeu entrevista ao Globoesporte.com  e falou sobre os preparativos da equipe  Porangabuçu para a final: “Estamos trabalhando com muita seriedade e confiança para fazer mais um excelente jogo e conquistar esse título tão importante para nós é nossa torcida. Sempre bom manter a cabeça focada em um jogo de tanta importância. Estamos fazendo uma excelente preparação e temos um grupo excelente que dá conta do recado”, pontuou o lateral.

O Ceará está ligado na decisão, tanto, que o técnico Guto Ferreira poupo atletas na partida da Sul-Americana no meio da semana justamente para ir com o que tem de melhor em mãos decidir o que pode ser o terceiro título do Nordestão para o Time do Povo.

Na entrevista coletiva promovida pela CBF para a final da Copa do Nordeste, o técnico Guto Ferreira comentou o que tem feito o Ceará manter uma série invicta, com seis vitórias consecutivas: “A coesão do grupo, a mentalidade de trabalhar sempre em equipe, buscar sempre fazer o melhor, se preparar muito. Agora toda essa estatística, resultados, não valem nada se não fizermos nos 90 minutos. Com todo o respeito ao Bahia, temos que fazer os 90 minutos melhores do que fizemos no primeiro (jogo) para atingir nossos objetivos que é ganhar a Copa do Nordeste”, declarou Guto.

Guto trabalha o equilibrio emocional da equipe do Vozão: Foto: FotoBaires/AGIF

O treinador também destacou a questão emocional, apontando detalhes deste importante aspectos da preparação: “Ângulos mostram pontos favoráveis, mas a gente não tem nada combinado com o adversário e eles também vivem bom momento, são competitivos, tiveram um poder de reação na terça pela Sul-Americana (contra o Independiente-ARG) em casa e têm o seu valor. Então a gente não pode se apegar ao que passou. Temos que construir o que está para ser construído que são os 90 minutos. Lógico que esse momento nos traz uma confiança alta, mas tudo que é demais faz mal. Então temos que estar com o nível de confiança no ponto certo, nem demais, nem de menos”, enfatizou.

Ceará e Bahia reeditam a final da Copa do Nordeste da última temporada, para a partida que acontece no Castelão, o Ceará deve ir a campo com a provável escalação: Richard, Gabriel Dias, Luiz Otávio, Messias, Bruno Pacheco; Oliveira, Pedro Naressi, Vina; Lima, Mendoza e Felipe Vizeu.

Fonte: Bola Vip