Palmeiras x São Paulo – O peso todo está nas costas do Tricolor


Paulista

Palmeiras x São Paulo – O peso todo está nas costas do Tricolor

O time comandado por Hernan Crespo não sabe o que é conquistar um título desde 2012

Publicado em 19/05/2021
por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 19 (AFI) – A final do Campeonato Paulista de 2021 vai começar nesta quinta-feira, quando Palmeiras e São Paulo se enfrentam a partir das 21h30, no Allianz Parque. A pressão está toda do lado tricolor, que amarga um jejum de nove anos sem gritar “é campeão”.

A última vez que o São Paulo conquistou um título foi em 2012, quando conquistou a Copa Sul-Americana, sobre o Tigres-ARG, em uma partida que terminou no intervalo devido ao abandono do time argentino, que alegou ameaças da Polícia Militar nos vestiários. O placar anotava 2 a 0 para os brasileiros.

SECA DE TíTULOS
Enquanto vive uma seca de títulos, o São Paulo viu seus principais rivais acumularem conquistas. No mesmo período do jejum tricolor, o Palmeiras foi campeão da Libertadores (2020), bi do Brasileirão (2016 e 2018) e bi da Copa do Brasil (2015 e 2020), além de ser o atual campeão paulista e ter faturado a Série B de 2013.

Como o São Paulo fez melhor campanha na fase classificatória, o segundo jogo da final, marcado para domingo, às 16 horas, será realizado no Morumbi. Essa é a única vantagem tricolor. Em caso de resultados iguais, a decisão serão nos pênaltis.

Palmeiras e São Paulo iniciam disputa pelo título paulista (Foto: César Greco/Agência Palmeiras)

Palmeiras e São Paulo iniciam disputa pelo título paulista (Foto: César Greco/Agência Palmeiras)

AS CAMPANHAS
O São Paulo terminou a primeira fase na liderança do Grupo B, com oito vitórias, três empates e apenas uma derrota.

Nas quartas de final, o Tricolor ganhou da Ferroviária, por 4 a 2. Na semifinal, contra o Mirassol, goleada por 4 a 0.

Já o Palmeiras passou como vice-líder do Grupo C, com seis vitórias, três empates e três derrotas, e ganhou do Red Bull Bragantino, por 1 a 0, nas quartas de final. Na semifinal, o Verdão levou a melhor sobre o Corinthians, por 2 a 0.

PATRICK DE PAULA COMEMORA DISPUTA DE OUTRO TÍTULO

COMO VEM O VERDÃO
Já classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores, o Palmeiras entrou com um time reserva na última terça-feira e perdeu para o Defensa y Justicia-ARG, por 4 a 3, no Allianz Parque. Os titulares foram poupados para a decisão do Paulistão.

O técnico português Abel Ferreira comandou o último treinamento antes do jogo nesta quarta-feira e vai colocar em campo o que tem de melhor. O zagueiro Kuscevic, o lateral-direito Marcos Rocha e os atacantes Breno Lopes e Gabriel Veron são baixas por estarem lesionados.

COMO VEM O TRICOLOR

Assim como o Palmeiras, o São Paulo entrou em campo com um time reserva na última terça-feira pela Copa Libertadores e também foi derrotado em casa, por 1 a 0, pelo Racing-ARG. O Tricolor ainda não estava classificado para as oitavas de final, mas conseguiu a vaga nesta quarta com a derrota do Rentistas-URU para o Sporting Cristal-PER.

O técnico argentino Hernan Crespo ainda não definiu qual será a escalação inicial do São Paulo. A principal dúvida é entre o meia Gabriel Sara e o atacante Luciano. Recuperado de contusão, o lateral-direito Daniel Alves entrou durante o jogo contra o Racing-ARG e tem presença certa entre os titulares.


Fonte: Futebol Interior