Paulo Gustavo iria estrear série ‘Minha Mãe é uma Peça’ no Globoplay



Em 2020, Paulo Gustavo estava escrevendo o roteiro da série Minha Mãe é uma Peça, que seria um produto do Globoplay, e posteriormente iria migrar para para Globo e para o Multishow. A covid-19 interrompeu os projetos do ator, que morreu nesta terça-feira (4), após 51 dias internado. 

Após 10 anos de serviços no Multishow, Paulo Gustavo ganhou um especial de fim de ano na TV Globo, no fim de 2020: o 220 Volts recebeu uma edição especial, em 23 dezembro.

O ator nasceu no dia 30 de outubro de 1978, em Niterói (RJ) e ganhou visibilidades nos palcos no final de 2004, quando integrou o elenco do espetáculo ‘Surto’. Na ocasião, ele interpretava a personagem Dona Hermínia, um dos papeis mais marcantes da sua carreira.

Em 2005, Paulo Gustavo estreou o monólogo ‘Minha Mãe é uma Peça’, onde trouxe a personagem Dona Hermínia novamente. Após quatro anos em cartaz, ele estreou a peça “Hiperativo”, dirigido por Fernando Caruso, onde fazia humor diante das situações humanas.

Em 2011, o humorista estreou o programa “220 Volts” no canal Multishow. Em 2013, o espetáculo ‘Minha Mãe é uma Peça’ foi para o cinema e ainda ganhou continuações nos anos de 2015 e 2019.

Na televisão, o ator participou de programas como “Minha Nada Mole Vida”, “A Diarista”, “Casos e Acasos” e “Sítio Do Pica-Pau Amarelo”. Também participou do sitcom ‘Vai que Cola’, no Multishow e participou das séries de TV  “Paulo Gustavo na Estrada” (2014) e “A Vila” (2017).





Fonte: iBahia