Plataformas financeiras online: o que são e quais são os seus riscos?


As plataformas financeiras online estão na moda e cada vez mais usuários as utilizam, tanto para uso pessoal quanto para administrar as finanças de um pequeno negócio. Esses aplicativos tornaram-se mais intuitivos, podendo ser usados ??de qualquer dispositivo móvel com conexão à Internet.

Tudo sobre as plataformas financeiras online

Para que você possa entender um pouco mais sobre as plataformas financeiras online e o “boom” de seu sucesso, explicaremos mais detalhes abaixo. Conhecendo o que são e quais os riscos oferecem, será possível avaliar se vale mesmo a pena utilizar ou não.

A abertura desse tipo de plataforma

A digitalização da sociedade é imparável e pisou no acelerador com a pandemia. A revolução digital está abrindo caminho para que as empresas e fintechs desenvolvam cada vez mais plataformas financeiras online. Estes competem sem complexos com os serviços oferecidos pela banca tradicional, que está imersa em um processo de reestruturação.

O open banking está liberalizando as informações bancárias e financeiras, facilitando uma maior escolha e personalização de serviços financeiros. Estes, por sua vez, aproveitam as fintechs para ocupar nichos de mercado com tais plataformas online.

Com a entrada no mercado do Payment Services Directive, estão abertas as portas para que todos os dados dos produtos financeiros dos clientes estejam em uma mesma plataforma. Ademais, esse é um espaço que os próprios bancos também procuram ocupar.

Mas, como? Proporcionando facilidade, fazendo com que o site esteja acessível para consultar as posições dos usuários em outras entidades financeiras.

Podemos encontrar diferentes tipos de plataformas financeiras online:

  • Banco eletrônico de entidades financeiras;
  • Carteiras virtuais;
  • Aplicativos para gestão de finanças pessoais;
  • Plataformas para operar com criptomoedas;
  • Aplicativos de negociação;
  • Etc.

O que é uma carteira virtual?

As carteiras virtuais são uma alternativa para efetuar cobranças e pagamentos de forma ágil e segura. Normalmente são utilizadas para gerir transações pequenas, mas frequentes, e que podem ser utilizadas desde um smartphone até outro aparelho com acesso à Internet.

As carteiras eletrônicas costumam ficar isentas de cobranças nas transferências que se efetuam entre elas próprias para incentivar a sua utilização. No entanto, geralmente cobram taxas por transferências feitas para outras contas bancárias.

Entre as carteiras virtuais mais populares do mundo está o Paypal. Dessa forma, o método é usado principalmente como uma forma alternativa ao pagamento com cartão de crédito. Nesse caso, quem paga as taxas é o destinatário do dinheiro.

As criptomoedas são meios digitais de troca que tornam possível a chamada Internet do valor
As criptomoedas são meios digitais de troca que tornam possível a chamada Internet do valor – Foto: Canva Pro

Plataformas financeiras online para operar com criptomoedas

As criptomoedas são meios digitais de troca que tornam possível a chamada Internet do valor. Pois através dos aplicativos que facilitam sua troca, a troca de valor na forma de criptomoedas é facilitada.

As criptomoedas usam criptografia forte para proteger as transações, controlar a criação de unidades adicionais e verificar a transferência de ativos. O controle é realizado por meio de um banco de dados descentralizado, ou cadeia de blocos (blockchain). Isso serve como um banco de dados de transações financeiras públicas.

A primeira criptomoeda a entrar em operação foi o bitcoin, em 2009. Desde então, surgiram outros tipos de criptomoedas com características diferentes.

As principais vantagens do uso de criptomoedas são:

  • Redução do custo da transação pela eliminação de intermediários;
  • Não é necessária a intermediação de agentes financeiros;
  • O pagamento em criptomoedas é feito imediatamente, sem demora.

Diferenças entre pagar com Paypal e em criptomoedas

O Paypal já permite a troca de valor. No entanto, criptomoedas, como o bitcoin, permitem a eliminação de intermediários, fazendo o pagamento diretamente do comprador para o vendedor, graças à tecnologia blockchain. O Paypal, ao contrário, precisa da intermediação de redes privadas, como as dos cartões de crédito bancário.

Os riscos das plataformas financeiras online

Como todo sistema financeiro, existem os prós e contras do uso da plataforma financeira online. Entre os maiores riscos estão:

Falta de treino

Em relação à segurança, isso varia de acordo com o tipo de plataforma
Em relação à segurança, isso varia de acordo com o tipo de plataforma – Foto: Canva Pro

Pois, o principal risco deste tipo de plataforma é a falta de formação financeira necessária de muitos utilizadores. Assim, é possível ter perdas significativas ao especular com ativos financeiros que não dominam.

Insegurança nas plataformas financeiras online

Em relação à segurança, isso varia de acordo com o tipo de plataforma. No caso das criptomoedas, quebrar sua segurança é praticamente impossível com a tecnologia atual. Isso porque sua segurança é meaçada apenas pelo desenvolvimento da computação quântica.

Volatilidade do mercado

Muitos usuários podem ficar tentados a assumir posições em produtos financeiros sofisticados, à medida que anunciam cada vez mais campanhas agressivas. Mas, negociar com produtos alavancados, da mesma forma que pode gerar ganhos de capital significativos, também pode causar pesadas perdas aos investidores.

Se os produtos financeiros e as características dos mercados não são bem conhecidos, operar em determinadas plataformas financeiras de natureza especulativa, pode ser algo semelhante a jogar em um casino. Portanto, deve-se ficar atento.

Elas podem gerar vício

Como os cassinos, as plataformas podem gerar dependência para seus clientes, o que acaba sendo prejudicial, não só para as finanças, mas para a saúde física.

Taxas não transparentes

É também conveniente ter em conta as taxas pela utilização deste tipo de plataformas e dos seus serviços, visto que em alguns casos podem não ser transparentes.

Regulamento das plataformas financeiras online

No caso de utilizar plataformas de corretores, é conveniente certificar-se de que se encontram registadas corretamente. Dessa forma, todos os recursos disponibilizados oferecerão maiores garantias aos seus usuários.

Proteção de dados

Outro risco é que as informações não se criptografem adequadamente, com o roubo de dados do usuário.

A pandemia provocada pela Covid-19 nos digitalizou de forma acelerada, fazendo com que cada vez mais usuários e, assim como empresas utilizem plataformas financeiras online. No entanto, embora as apostas sejam nas fintechs, devemos atentar aos excessos de confiança que levam aos riscos cibernéticos.

Fonte: Notícias Concursos