Ponte Preta estreia na Série B com derrota para o Brusque por 2 a 1


Brasileiro

Brusque 2 x 1 Ponte Preta – Alô, Gilson Kleina! Mãos à obra!

Time catarinense abriu 2 a 0 no placar e depois teve que se empenha para garantir os três primeiros pontos

Publicado em 30/05/2021
por Agência Futebol Interior

Brusque, SC, 30 (AFI) – Com apenas 33 anos de fundação, o Brusque estreou com o pé direito no Campeonato Brasileiro da Série B. Na manhã deste domingo, o time catarinense venceu a Ponte Preta por 2 a 1 no estádio Augusto Bauer, em Brusque, pela primeira rodada da competição. Edu, duas vezes, e Camilo fizeram os gols da partida.

Esta é a primeira vez em que o Brusque disputa a Série B do Brasileiro. E o primeiro resultado não poderia ter sido melhor, principalmente diante de um dos times considerados candidato à briga pelo acesso.

Nesta partida, a Ponte Preta foi dirigida por Sandro Forner, auxiliar fixo do clube. O novo treinador, Gilson Kleina (anunciado na sexta-feira à noite) acompanhou a partida das arquibancadas do estádio.

TRANSMISSÃO DA RÁDIO FI
O confronto teve transmissão da fanática equipe pontepretana da Rádio FUTEBOL INTERIOR com narração de Carlos Corsato, comentários de Bruno Betelli, reportagens de Wendel Coral e comando geral de Marcelo Corsato.

GOL NO FINALZINHO
Os primeiros 45 minutos foram de muita entrega por parte de Brusque e Ponte Preta. O time catarinense tentou ficar mais com a bola, mas custou a encontrar espaços na defesa adversária. Já a Ponte não foi bem e teve apenas uma boa oportunidade no ataque.

Aos 28 minutos, Camilo recebeu lançamento, dominou com categoria dentro da área e finalizou na saída do goleiro. A bola passou muito perto da trave, perdendo naquele momento a principal chance de gol da partida.

Na reta final do primeiro tempo, o Brusque apertou a marcação e se aproximou do primeiro gol. Aos 31, Alex Ruan recebeu pelo lado direito e finalizou para assustar o goleiro Ygor Vinhas.

Quando a partida caminhava para os acréscimos, Dawhan disputou bola com Bruno Alves e derrubou o jogador na área: pênalti para o Brusque. Aos 47 minutos, Edu foi para a cobrança e não desperdiçou.

Edu comemora um dos gols pelo Brusque na manhã deste domingo

Edu comemora um dos gols pelo Brusque na manhã deste domingo

MACACA SEGUE MAL E PERDE
No segundo tempo, o Brusque conseguiu aumentar a vantagem no placar logo aos quatro minutos. Airton avançou pela esquerda e cruzou na área. O centroavante Edu, de peixinho, cabeceou no contrapé do goleiro Ygor Vinhas, fazendo 2 a 0 no placar.

Em desvantagem, a Ponte Preta foi obrigada a mudar sua postura em campo. O técnico Sandro Forner mexeu e aos 20 minutos o time paulista diminuiu em cobrança de falta de Camilo. A bola passou por toda a área e acabou parando no fundo das redes.

Em desvantagem, a Ponte Preta foi obrigada a mudar sua postura em campo. O técnico Sandro Forner mexeu e aos 20 minutos o time paulista diminuiu em cobrança de falta de Camilo. A bola passou por toda a área e acabou parando no fundo das redes.

Apesar do gol, o time pontepretano não conseguiu impor maior ritmo pelo empate. Aliás, poderia ter sofrido o terceiro gol. Aos 29, Alex Ruan recebeu cruzamento e cabeceou para ótima defesa de Ygor Vinhas. O jogo seguiu sem emoções até o apito final do árbitro.

PRÓXIMOS JOGOS
Pela segunda rodada, o Brusque volta a campo no sábado para enfrentar o Londrina às 11 horas, no estádio do Café, em Londrina. Já a Ponte Preta receberá o Vasco no domingo, às 16 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.


Fonte: Futebol Interior