PS Plus sofre aumento de até R$ 50, anuncia PlayStation Brasil


A PlayStation Brasil começou a enviar, nesta sexta-feira (07), e-mails para usuários da PlayStation Network (PSN) informando sobre aumentos de preço da PS Plus. O serviço terá reajuste de até R$ 50 e até 34%, dependendo da quantidade de meses da assinatura.

De acordo com a companhia, os novos valores começam a valer a partir de 7 de julho, às 14h59 (horário de Brasília). Ou seja, até essa data valerão os valores atuais, mais baixos. Se você estava pensando em assinar o serviço, esse pode ser um bom momento.

Veja, a seguir a tabela com os reajustes:

  • 1 Mês: de R$ 25,90 para R$ 34,90, aumento de 34%.
  • 3 Meses: de R$ 64,90 para R$ 84,90 (cerca de R$ 28 por mês), aumento de 30%.
  • 12 Meses: de R$ 149,90 para R$ 199,90 (cerca de R$ 16 por mês), aumento de 33%.

PlayStation

No comunicado enviado por e-mail, a PlayStation explicou que “os novos preços refletem a atual situação do mercado e nos permitem oferecer um serviço de qualidade para os nossos assinantes”.

Apesar de não citada, uma das condições de mercado é a cotação do dólar, que há algum tempo está acima dos R$ 5. Um dos indicativos disso é que os preços foram modificados somente no Brasil, já que lá fora a assinatura continua valendo US$ 60 (aproximadamente de R$ 314 na conversão direta).

A empresa também pontuou que os jogadores continuarão tendo acesso a benefícios e recursos como o multiplayer online, jogos grátis, descontos exclusivos de serviços e jogos e armazenamento de dados de jogo.

Por meio de nota, a assessoria da PlayStation Brasil confirmou as alterações dos valores e reiterou que esses preços permitem que seja oferecido um “serviço excepcional de classe mundial desenvolvido para nosso fãs”. No posicionamento, a empresa ainda defendeu que os novos valores são “atraentes” para o mercado brasileiro.

O último aumento de preços na PS Plus havia sido realizado em maio de 2019. Na época, o plano de 12 meses custava R$ 129,99 e foi reajustado para os atuais R$ 149,99, por exemplo. O curioso, foi que no período alguns países tiveram redução, sendo que o Brasil acabou indo nessa contramão.

E aí, o que achou dos novos valores da PS Plus? Achou que ficaram caros? Conte para a gente na seção de comentários abaixo!


Fonte: Tecmundo