Real Noroeste bate o Rio Branco nos pênaltis e conquista o título


Capixaba

CAPIXABA: Real Noroeste bate o Rio Branco nos pênaltis e conquista título inédito

Após empate por 1 a 1 no tempo normal, goleiro Valdson defende cobrança nas alternada e Ailton decide

Publicado em 23/05/2021
por Agência Futebol Interior

Venda Nova do Imigrante, ES, 23 (AFI) – Nesta tarde de domingo, Rio Branco e Real Noroeste fizeram a final do Campeonato Capixaba. A primeira partida havia sido 0 a 0, na volta o empate ainda persistiu no placar, desta vez 1 a 1. O jogo foi decidido no pênaltis, após defesa do goleiro Valdson, o Real Noroeste sagrou-se campeão em penalidade convertida por Aliton, 8 a 7 nas penalidades.

Além do inédito título Estadual, o Real Noroeste conquistou uma vaga no Brasileirão Série D, na Copa Verde e na Copa do Brasil de 2022. As competições, verbas e premiações farão grande diferença no time Merengue no próximo ano, garantindo o calendário do clube.

Real Noroeste comemora o título Estadual inédito - Foto: Reprodução

Real Noroeste comemora o título Estadual inédito – Foto: Reprodução

PRIMEIRO TEMPO

A primeira etapa foi marcada pelo nervosismo das equipes e dos cartões amarelos. Só na primeiro tempo foram três advertências. O jogo estava muito truncado no meio campo, mas a equipe do Rio Branco foi encontrando seu jogo ao longo da partida.

Aos 33 minutos, Waldson desviou de cabeça em levantamento feito na área, a bola explodiu no travessão. Comandando as ações do jogo, não demorou para que o Rio Branco abrisse o placar, aos 37 minutos Gustavo Tonoli abriu o placar após falta cobrada na área por Teco. Estas foram as únicas chances criadas no primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, o Rio Branco quase matou a partida com apenas um minutos de jogo. Stênio recebeu cruzamento e bateu forte no travessão, o jogo continuava violento. Ainda melhor em campo, em um lance isolado o Real Noroeste chegou ao empate após infelicidade do lateral Douglas. Jarles Baiano recebe livre pela direita e cruza rasteiro. O lateral tenta evitar o gol de Kel Baiano, mas acaba marcando contra.

Depois do gol de empate, as equipes não conseguiram trabalhar mais nenhuma jogada e partida foi decidida nos pênaltis.

Na primeira série, cada equipe desperdiçou uma cobrança, terminando em 4 a 4. Nas cobranças alternadas, o goleiro Valdison brilhou e defendeu a cobrança de Canário, Ailton converteu e decidiu o campeonato.


Fonte: Futebol Interior