Rodolpho Toski Marques relata chutes e xingamentos de atletas do Sport


Pernambucano

“Vagabundo, ladrão…” – Árbitro relata chutes e xingamentos em final do Pernambucano

Sport foi derrotado pelo rival Náutico e ficou com o vice

Publicado em 24/05/2021
por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 24 (AFI) – O árbitro paranaense Rodolpho Toski Marques, da Fifa, relatou agressões e xingamentos de jogadores do Sport ao término da final do Campeonato Pernambucano. O Náutico se sagrou campeão nos pênaltis.

“Informo que após o término das decisões desde da marca dos tiros penais, correram em minha direção alguns jogadores, integrantes da comissão técnica e diretores da equipe do Sport C. do Recife, reclamando de maneira ofensiva, grosseira e agressiva, a seguir algumas condutas individualizadas”, começou o juizão que detalhou cada ação dos rubro-negros.

“1: Atleta n° 7 o Sr. Neilton Meira Mestzk, proferiu as seguintes palavras: “Seu filho da puta tirou nosso título a TV disse que você errou”, o mesmo empurrou o policiamento que fazia nossa segurança até o túnel de acesso do vestiário da arbitragem, tentando dar chutes e pontapés na equipe de arbitragem e integrantes da federação”, escreveu Toski.

Árbitro colocou tudo na súmula. (Foto: Cesar Greco)

Árbitro colocou tudo na súmula. (Foto: Cesar Greco)

XINGAMENTOS!
“2: Atleta n° 35 o Sr. José Sabino Chagas Monteiro, proferiu as seguintes palavras: “Seu vagabundo nos roubou a TV disse que você errou”, o mesmo também empurrou o policiamento que fazia nossa segurança até o túnel de acesso do vestiário da arbitragem, tentando dar chutes e pontapés na equipe de arbitragem e acertando um integrantes da federação derrubando o mesmo no chão”.

“3: Comissão Técnica – treinador de goleiro o Sr. Jorcey Anísio Garcia Santos, proferiu as seguintes palavras: “Seu ladrão vagabundo”, o mesmo tambem empurrou o policiamento que fazia nossa segurança até o túnel de acesso do vestiário de arbitragem, o referido me cuspiu e jogou água em minha direção”.

“4: Diretor de Futebol – Carlos Frederico Domingos, proferiu as seguintes palavras de baixo calão: “Seu ladrão filho da puta, vagabundo mandar voltar aquele pênalti, foi a maior vergonha que já vi, seu safado”, relato que o mesmo invadiu o campo de jogo”.

TEVE MAIS!
O árbitro não parou por aí e relatou mais algumas tentativas de agressão, além de invasão de campo.

“Relato que alguns outros membros da comissão técnica e jogadores que não foram possível ser identificados, gritaram palavras de baixo calão de forma agressiva e grosseira, empurrando o policiamento para tentar agredir com socos e pontapés a equipe de arbitragem e integrantes da Federação Pernambucana de Futebol. Ainda relato que alguns diretores não identificados em virtude da confusão generalizada causada pela equipe Sport Club do Recife, invadiram o campo de jogo e vieram em nossa direção com as mesmas ações supracitadas”.


Fonte: Futebol Interior