Sambista Nelson Sargento morre aos 96 anos vítima da covid-19



O sambista Nelson Sargento morreu, aos 96 anos, vítima da covid-19, nesta quinta-feira (27). Ele era presidente de honra da escola de samba Mangueira e estava internado desde o dia 21 de maio quando testou positivo para o novo coronavírus.

O compositor tinha recebido as duas doses da vacina contra a covid-19 em casa. A segunda dose do  O sambista também já havia enfrentando um câncer de próstata anos atrás.

Além de um ser dos nomes grandes do samba, Nelson Sargento foi cantor, compositor, pesquisador, artista plástico, ator e escritor.





Fonte: iBahia