Saque emergencial do FGTS: SOLICITADA nova rodada de pagamentos para 2021


O Senado Federal pretende liberar mais uma rodada de pagamento do Saque Emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A medida foi criada no ano passado para ajudar os trabalhadores diante a pandemia da Covid-19.

A adesão a modalidade do Saque Emergencial não é obrigatória. Porém, com ela, o trabalhador consegue sacar até um salário mínimo de suas contas ativas ou inativas do FGTS.

Com a aprovação de várias medidas para enfrentamento da pandemia, como o auxílio emergencial, antecipação do 13º salário do INSS, BEm e Pronampe, os trabalhadores esperam pela liberação do Saque Emergencial.

De acordo com a equipe de economia do país, uma nova liberação do Saque Emergencial do FGTS não traria prejuízos aos cofres públicos. Sendo assim, não há nada que impeça que uma nova rodada seja aprovada, tendo em vista que os recursos já são de direito dos trabalhadores.

Anteriormente, quando o Governo mencionava o pacote de medidas de contenção a pandemia, o Saque Emergencial do FGTS não era indicado. No entanto, devido a permanência da pandemia e o crescente índice de casos e mortes por infecção, é esperado que a medida seja liberada no próximo mês.

Com o possível retorno, a medida deve funcionar nos mesmos moldes que em 2020. Portanto, os pagamentos devem ser realizados de maneira escalonada, conforme o mês de aniversário dos trabalhadores. O limite do saque deve corresponder ao atual piso nacional, que equivale R$ 1,1 mil.

Após solicitar a modalidade, o trabalhador que se arrepender da decisão pode ter o recurso retornado a conta do fundo. Para os que não solicitarem a modalidade, nada irá mudar. Como em 2020, o saque deve ficar disponível até dezembro deste ano.

O Calendário do Saque Emergencial do FGTS em 2020, começou os repassasses para os nascidos em janeiro no dia 29 de junho. Já para os nascidos em dezembro, o fim dos saques foi no dia 21 de setembro.

Veja também: Revisão do FGTS pode gerar dinheiro extra aos trabalhadores; veja como solicitar

Fonte: Notícias Concursos