UFC: Charles do Bronx nocauteia Chandler no 2.º round e leva cinturão


UFC: Charles do Bronx nocauteia Chandler no 2.º round e leva cinturão do Peso Leve

Após primeiro round de muita angústia, o brasileiro soltou o braço no segundo round e se tornou campeão do 70,3 kg

Publicado em 16/05/2021
por Agência Futebol Interior

Houston, EUA, 16 (AFI) – O brasileiro Charles do Bronx Oliveira, nascido na periferia de Guarujá há 31 anos, é o novo campeão Peso Leve (70,3 kg) do UFC.

Ele conquistou o título, nesta madrugada, ao nocautear o americano Michael Chandler aos 19 segundos do segundo round, pelo UFC 262, disputado na cidade de Houston, no estado do Texas, diante de 17 mil espectadores.

Depois de 11 anos e 28 lutas no UFC, o brasileiro conquista o cinturão que já foi de outro brasileiro: Rafael dos Anjos, entre 2015 e 2016. Ele também é recordista no UFC em finalizações (14) e agora tem recorde de vitórias na categorias, por 17 vezes.

COMEÇO DURO

Charles com o cinturão: 'Venceu a favela'

Charles com o cinturão: ‘Venceu a favela’

O primeiro round foi de viradas de situações. Charles desequilibrou o americano com um chute, depois conseguiu derrubá-lo. Tentou a guilhotina, mas não conseguiu o encaixe. Mas a luta mudou, quando Michael se livrou e passou a socar o brasileiro.

Foram momentos delicados, com Charles mantendo a guarda fechada, tentando evitar os fortes golpes do adversário.

FOI COM TUDO
Depois de sentir a mão pesado de Michael Chandler, o brasileiro iniciou o segundo round decidido. Ele foi em direção ao americano e acertou um cruzado de esquerda, derrubando o adversário.

Charles continuou batendo, acertando vários golpes que obrigaram o árbitro a interromper o combate.

VEJA A LUTA QUE VALEU O TÍTULO !

Espaço incorporado por HTML (embed)

%3Ciframe%20width=%22560%22%20height=%22315%22%20src=%22https://www.youtube.com/embed/JydwjAmWS-M%22%20title=%22YouTube%20video%20player%22%20frameborder=%220%22%20allow=%22accelerometer;%20autoplay;%20clipboard-write;%20encrypted-media;%20gyroscope;%20picture-in-picture%22%20allowfullscreen%3E%3C/iframe%3E

NOITE DOS BRASILEIROS
Outros seis brasileiros participaram desta edição do UFC, com saldo positivo. Foram quatro vitórias e uma derrota. A vitória mais expressiva foi de Edson Barboza, peso-leve, que nocauteou Shane Burgos no 3.º round. Com um efeito retardado (após o golpe) de seis segundos, algo raro.

Ainda no card principal Rogério Bontorin, peso-galo, venceu por decisão unânime a Matt Scnell, que era favorito. E Viviane Araújo perdeu por decisão para Katlyn Chookagian.

No card preliminar, no confronto de brasileiros pelo peso-médico, André Sergipano venceu Ronaldo Jacaré por finalização no primeiro round. E a peso-mosca Priscila Pedrita nocauteou no segundo round Gina Mazany.

CONFIRA OS RESULTADOS DO UFC 262:

CARD PRINCIPAL

Titulo Peso Leve
Charles do Bronx (campeão) venceu Michael Chandler por nocaute técnico aos 19s do segundo round.

Peso-leve: Beneil Dariush venceu Tony Ferguson por decisão unânime (triplo 30-27)

Peso-galo
: Rogério Bontorin venceu Matt Schnell por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

Peso-mosca: Katlyn Chookagian venceu Viviane Araújo por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)

Peso-pena: Edson Barboza venceu Shane Burgos por nocaute técnico a 1:16s do 3º round

CARD PRELIMINAR

Peso-médio: André Sergipano venceu Ronaldo Jacaré por finalização aos 3:59s do 1º round

Peso-pena: Lando Vannata venceu Mike Grundy por decisão dividida (29-28, 27-30, 30-27)

Peso-médio: Jordan Wright venceu Jamie Pickett por nocaute técnico a 1:04s do 1º round

Peso-mosca: Andrea Lee venceu Antonina Shevchenko por finalização aos 4:52s do 2º round

Peso-mosca: Priscila Pedrita venceu Gina Mazany por nocaute técnico aos 4:51s do 2º round

Peso-pena: Tucker Lutz venceu Kevin Aguilar por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)

Peso-leve: Christos Giagos venceu Sean Soriano por finalização aos 59s do 2º round


Fonte: Futebol Interior