Websérie, documentários e mais: confira as novidades audiovisuais do mês de maio


Gosta de ampliar seu repertório cultural? Uma boa dica, principalmente durante esse período do novo coronavírus, é acompanhar as produções audiovisuais que estão sendo disponibilizadas online. O iBahia reuniu uma lista de lançamentos do mês de maio. Confira: 

 Iê acarajé: a websérie é um retrato histórico sobre a vida das baianas e suas tradições. A produção revela o protagonismo das baianas Ubaldina, Dinha, Elaine, família Miranda, Taty e Marluce e as suas relações com religiosidade, família e ofício.

Onde e quando ver: no IGTV do Instagram da Casa MAR (@casamar), no próximo dia 25 de maio. Para assistir ao teaser da websérie ‘Iê Acarajé’, acesse: we.tl/t-qLpJAimjYh

–  Nebulosa: a websérie é  focada em cinco faixas do disco e álbum Nebulosa Baby, motes para construção de cada episódio – pretende levar o público a assistir uma conexão singular por meio da música e da diversidade, dando acesso a imagens, acontecimentos, encontros no dia a dia, produção e bastidores de gravações das músicas, assim como a contextos rotineiros da família do artista, depoimentos de figuras locais e importantes para o músico, como amigos e vizinhos de Valéria, que estão conectados a sua trajetória. 

Em quatro episódios, a serem lançados sempre às quartas – até 9 de junho, a obra contará ainda com um episódio ao vivo em formato de reunião aberta ao público do Zoom, no dia 14 de junho, na semana do lançamento do segundo e inédito álbum do cantor Nebulosa Baby, lançado pelo selo RISCO, obra que motiva toda essa produção e que estreia conjuntamente com uma produção audiovisual.

Mesa Posta: videodança crítica e reflexiva sobre a valorização, o respeito e a autoestima da mulher. Aborda cenicamente um processo de tomada de consciência que questiona situações aparentemente corriqueiras, mas igualmente opressoras, e estabelece limites sobre estes problemas.

– Saberes Quilombolas: com curadoria de Roberto Mendes e Stella Maris, o documentário revela as riquezas produzidas pelas comunidades de  Acupe, São Brás e Cambuta. O documentário “Saberes Quilombolas” busca dar voz a essas pessoas e colocar o seu saber sob holofotes. Mostrar as comunidades do labor à festa,  da oralidade à parte escrita. Mostrar sua vivencia de uma forma audiovisual para que se  possa conhecer quem são essas pessoas, suas comunidades e saberes. 

– Visitas de Helisleide Bomfim: documentário aborda saúde mental e arte como suporte de cura. No filme, a atriz Helisleide Bomfim visita quatro integrantes do grupo de teatro “Os Insênicos”, formado por usuários de Centros de Atenção Psicossocial (Caps), conduzido há mais de dez anos pela atriz e psicóloga Renata Berenstein. Os atores Sônia Ferreira, Anderly Oliveira da Cruz, Lívia Sousa e José Raimundo dos Santos compartilham seu cotidiano, memórias, ideias e falam sobre a militância antimanicomial.

Onde e quando ver: será lançado no Dia Nacional da Luta Antimanicomial, em 18 de maio, no canal do Território Sirius no YouTube (youtube.com/territoriosirius). A produção do filme fará lives nos dias 17 e 24 de maio, às 17h, com diálogos entre convidadas, sobre os temas abordados no documentário, no perfil da produtora (@siriusterritorio) no Instagram.





Fonte: iBahia